Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Bispos Eméritos se reúnem em Brasília para refletir sua missão e partilhar experiências

Com o objetivo de refletir sobre a identidade e a missão do bispo emérito, refletir sobre a psicologia da pessoa idosa e partilhar as experiências dos regionais, nos dias 9 e 10 de setembro, o II Encontro com os Bispos Referenciais dos Eméritos, na sede da CNBB, em Brasília, conduzida pelo atual presidente da Comissão Especial para os Bispos Eméritos da CNBB, o arcebispo emérito de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira.

Na ocasião houve uma apresentação a respeito das atribuições dos referenciais dos eméritos, palestra sobre o histórico da Comissão para os Eméritos, partilha dos regionais sobre o acompanhamento dos eméritos, uma fala sobre a psicologia da pessoa idosa, encerrando com a celebração eucarística.

E em seguida, no período de 10 a 13, também na sede da CNBB, aconteceu o V Encontro Nacional dos Bispos Eméritos, que contou com cerca de 20 bispos eméritos e com a presença do bispo auxiliar da Arquidiocese de Manaus, Dom José Albuquerque, que também compõe a Comissão dos Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB.

Segundo o presidente da Comissão Especial para os Bispos Eméritos, Dom Luiz, este encontro que acontece de dois em dois anos, é em primeiro lugar é um momento de confraternização, um reencontro com os colegas, de animação, e nele são tratados assuntos importantes também. “Ao sair deste encontro, a gente espera estar mais animado e levar aos outros que não puderam vir também essa animação, pois somos aposentando mais não sentamos em uma cadeira vendo o mundo passar, pelo contrário continuamos com o trabalho enquanto for possível. É realmente um momento de animação e também com esse encontro se encerra o período da presidência da comissão e, este ano, teremos uma nova composição que será nomeada pela presidência da CNBB”, explicou Dom Luiz

Ao sair da presidência da comissão, Dom Luiz fez um balanço sobre os quatro anos em que esteve à frente. “Nós tivemos uma equipe muito boa, com o apoio de Dom Esmeraldo, padre Joãozinho, e algumas coisas ocorreram. Este é o segundo encontro nacional promovido por esta comissão, tivemos a publicação “Marcos no Caminho”, duas vezes por ano, em que nós damos notícias e colocamos a experiência de um bispo emérito e tem sido um instrumento muito bom. A presidência da CNBB tem nos dado um espaço muito grande nas assembleias, e nelas temos sempre o dia do emérito, com uma missa, e um encontro de eméritos presentes, em torno de uns 50, um numero bom num total de 175 (um terço do episcopado brasileiro), levando em conta a idade e as condições saúde. Aqui reunimos uns 20, sendo um número expressivo, pois temos que olhar a situação de saúde da maior parte”, destacou Dom Luiz em entrevista à jornalista da CNBB, Larissa Carvalho.

Sobre a programação

O arcebispo emérito de Aparecida, Cardeal Dom Raymundo Damasceno, conduziu um momento para troca de experiências sobre a essa época dos eméritos e como estão vivendo essa fase, sendo que muitos estão chegando aos 80 anos, no qual percebem os caminhos que vão encontrando quando dão continuidade ao trabalho de evangelização, agora sem a responsabilidade de governo das dioceses, mas ainda com o trabalho, muitos deles sendo mais solicitados ao serviço da igreja do que antes.

Trataram de assuntos referentes à saúde dos eméritos, ao plano de ação evangelizadora – as diretrizes da igreja do Brasil para os próximos anos, visita à sede da CNBB e das Edições da CNBB. Também contaram com a presença da Ir. Irene, da Repam Brasil, que falou sobre o Sínodo para a Amazônia.

Fotos: Dom José Albuquerque

Bispos do Regional Norte 1 – AM/RR



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *