Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

IV Juventude Católica em Ação promove 12h de muita animação, música e oração

Aproximadamente 2 mil pessoas participaram da IV edição do Juventude Católica em Ação (JCA), que aconteceu neste domingo (1/9) na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, das 9 às 21h, tendo como tema: “Juventude Missionária: Paradigma da obra da igreja”. A abertura começou com a santa missa presidida por Dom Tadeu Canavarros, Bispo referencial do Regional Norte 1 – Setor juventudes. O evento tinha como público alvo não apenas os jovens, mas pessoas de todas as idades, religiosos e leigos, se fizeram presente para prestigiar durante todo o dia a programação, contribuindo de alguma maneira seja participando da missa, dando testemunho de vida e fé, ou fazendo um momento de animação.

Entre as atrações que se apresentam estiveram: Banda Madrigal Sagrada Família, Rangel Pontes; Grupo Artístico Aika; Comunidade Sementes do Verbo; Diacono Leonardo Lucas (Comunidade Filho Amado); Juventude Amicom; Cássio Di Fons; Exorte MC’s, Jotabê (que fez o lançamento do seu CD – Nova Geração) e Ministério de Dança Jasmin, que se apresentou junto com a atração nacional Cosme, cantor e pregador que participou pela segunda vez do JCA. O evento encerrou com a apresentação atração mais aguardada desta edição, a Banda Rosa de Saron, com a sua nova formação e cantando os maiores sucessos ao longo de mais de 30 anos de estrada.

Quem também se fez presente foi o Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, que esteve presente pela parte da tarde, participando da coletiva de imprensa junto com as atrações nacionais Cosme e Rosa de Saron, durante este momento, Dom Tadeu também esteve presente dando aquele apoio aos jovens. “Dom Tadeu é um bispo que arregaça a manga e faz junto com os jovens, ele não manda, ele faz junto com os jovens e agradecemos muito a ele por nos ter ajudado a realizar esse evento, não só por ter celebrado a missa, mas por estar sempre junto reunindo, dando ideia sobre a dinâmica do evento, um verdadeiro exemplo de bispo líder”, disse Leonardo Dias, um dos organizadores do evento.

Após a coletiva, que foi realizada nos camarins, Dom Sergio se dirigiu ao centro da Arena onde estava acontecendo às apresentações musicais uma atrás da outra. O Arcebispo então fez uma breve visita em todas as barracas dos grupos e movimentos que por ali estavam, por onde passava era recebido com muita alegria e respeito, muito solicito, Dom Sergio parava para abençoar a todos e até fazia pose para foto. Por volta das 18h, o arcebispo subiu ao palco e deu a benção aos jovens, desejando bom divertimento a todos. “Assim como Dom Tadeu, Dom Sergio também sempre foi muito solicito e desde o inicio nos ajudou a realizar essa missão em nossa Arquidiocese”, agradeceu Leonardo.

Logo após a apresentação de Jotabê, subiu ao palco, vindo diretamente do Rio de Janeiro, a atração Nacional Cosme, que colocou todos para dançar, ficar parado era difícil, com suas músicas alegres e com uma coreografia divertida que contagiava das crianças aos adultos, antes de finalizar, Cosme deu em breve testemunho de sua vida, mostrando aos jovens como Deus transformou um dos piores traficantes da Cidade Maravilhosa, em um servo e pregador, que se converteu completamente mudando a vida de seus familiares, amigos e até desconhecidos e hoje é esse cantor que percorre o Brasil todo levando a alegria e a Palavra de Deus por meio de suas músicas e do seu jeito de ser.

Por volta das 20h30, a banda paulista Rosa de Saron levou todos ao delírio com a  sua apresentação que misturou canções novas e antigas e o público mostrou que estava afinado com a banda, cantando e vibrando a cada nova música. Foi a primeira apresentação da Banda em Manaus com o seu novo vocalista, Bruno Faglioni, que ficou no lugar de Guilherme de Sá. Mas o Rosa não foi apenas música, teve também aquele momento de louvor e de oração junto com o público, fazendo uma bonita comunhão dos músicos com seus fãs. A banda encerrou sua apresentação cantando sucessos de outras bandas nacionais, como Legião Urbana e até internacionais, como Bom Jovi, fazendo o publico vibrar e aplaudir.

Objetivo alcançado

De acordo com o DJ JC, um dos organizadores e idealizadores do evento, foram quase 70 pessoas que participaram durante semanas da organização do evento que teve por objetivo: “reavivar a fé e promover a unidade entre a juventude católica do Amazonas, reunindo assim, diversas expressões juvenis de Manaus e dos demais municípios do interior do Amazonas, para mostrar o trabalho da Pastoral da Juventude e demais movimentos jovens da Igreja Católica, incentivando a juventude a assumir seu papel na comunidade e na sociedade, além de poder proporcionar um encontro fraterno e solidário entre os diversos seguimentos jovens no Amazonas”, disse o DJ.

E, após 12 horas seguidas, pode-se dizer que o objetivo foi concluído com sucesso e, pelo que foi visto ao longo do dia, conseguiu reacender a chama do Espirito Santo na Juventude para a construção de um mundo melhor. “Quem veio com certeza se divertiu com as atrações locais e nacionais, foram várias expressões juvenis que vieram participar, muitas comunidades, muitas caravanas de vários bairros de Manaus, do interior e até de Roraima, só queria agradecer esse povo todo e, só podemos concluir que foi um evento muito positivo, que atraiu bastante pessoas em todos os horários. Ano que vem vai ser em prol da JMJ Portugal e vamos tentar trazer o Frei Gilson”, concluiu DJ.

Fotos colaboração: Katianne Designer e Nathalie Pantoja da Comissão Arquidiocesana de Arte e Cultura (CAAC); Paulo Assis, Juliana Maciel e Charles Prado, da equipe de Comunicação e Marketing do evento.

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *