Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Seminário São José promove festa e confraternização entre as comunidades católicas de Manaus

O Seminário de São José realizou o seu tradicional arraial que acontece desde 1990, sempre no último sábado do mês de agosto (31/8), fazendo uma bonita festa como uma forma de finalizar o mês das vocações, reunindo as paróquias e áreas missionárias da Arquidiocese de Manaus, contando com a presença de bispos, padres e leigos que participaram em peso, podendo usufruir de uma agradável noite de reencontros e confraternização cristã. Além do arraial com comidas típicas, o público ainda prestigiou algumas apresentações musicais, participaram de um super bingão e também puderam conferir de perto a Feira Vocacional, que contou com a presença de várias congregações religiosas.

O evento começou às 19h, com paroquianos chegando a todo instante vindos praticamente de todos os setores da Arquidiocese de Manaus. Enquanto isso, a equipe de animação de cima do palco ia recepcionando as pessoas que chegavam sozinhas ou vindo em “caravana” de suas paróquias.De acordo com o seminarista Antônio Eduardo, coordenador da equipe de organização do evento, o planejamento começou em maio, após o aniversário de 171 anos do seminário e ao todo tinham uma média de 15 barracas de comidas típicas. “Foi um planejamento que durou meses e, como nós somos uma casa de formação, nós escolhemos como tema ‘Cada comunidade uma vocação’, para dar relevância a parte vocacional que o Sínodo vai abordar.

Ainda de acordo com o seminarista, esse ano foram criados três espaços: espaço cultural; o segundo espaço foi a feira vocacional e o terceiro espaço foi o espaço oracional. “Nesse ano mudamos o layout da festa desse ano, criamos o espaço cultural, com o palco na quadra e as mesas em um só lugar como uma espécie de praça de alimentação e ainda tínhamos o espaço infantil e área para jogos. A feira vocacional foi um espaço dedicado para que os movimentos e novas comunidades pudessem expor os seus carismas e trabalhar o tema da vocação e, no espaço oracional, colocamos música e salmos cantados, para que as pessoas pudessem entrar e orar, por si próprio, pela igreja e pelas vocações”, explicou Eduardo.

Com relação aos prêmios do bingão, todos foram comprados pelo próprio Seminário por meio das doações que o Seminário recebeu das paróquias e áreas missionárias, tendo como prêmios: Mil reais, dois mil reais, uma TV LED de 42” e uma moto Honda CG 160cc. “Encerramos o mês vocacional com chave de ouro, nessa festa maravilhosa onde todos podem conhecer melhor esse lugar bonito, onde pulsa o coração da arquidiocese e que é responsável pela formação dos nossos futuros padres, que é a riqueza maior da nossa igreja”, comentou Dom José Albuquerque, bispo auxiliar de Manaus.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *