Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Pastoral Familiar realiza a 8ª edição do Fórum das Famílias no Vasco Vasques

Durante todo este domingo (25/8), a Comissão Nacional da Pastoral Familiar realizou no auditório do Centro de Convenções Vasco Vasques, o VIII Fórum das Famílias que esse ano teve como tema A Família como vai? Que já foi tema da campanha da fraternidade de 1994 e lema: Em família escolhemos a vida para nós e para os nossos descendentes (Dt 30,19). O evento teve aproximadamente 400 participantes vindos de quase todos os setores da Arquidiocese de Manaus que, no decorrer do dia, participaram de uma vasta programação incluindo palestras, oficinas, painéis, momentos de oração coletiva e de confraternização, encerrando com a missa presidida às 16h por Dom José Albuquerque, bispo auxiliar de Manaus.

Após as boas vindas, credenciamento e oração inicial realizada pelo coordenador da pastoral familiar, Manoel Ramos e sua esposa Vanda, o cerimonialista chamou os membros para compor a mesa para dar início à primeira palestra como o tema: Refletir sobre os fatores que fragilizam a estrutura das famílias em nossos dias, realizada pelo casal William e Kareen Amaral. Na sequência, Frei Faustino conduziu a segunda palestra com o tema: Identificar e compreender os valores que fortalecem as famílias e compreender e valorizar a alegria de viver em família na contemporaneidade. Após esse momento, desfez-se a mesa e teve início a apresentação de Movimentos pelas Famílias, entre eles: encontro de Casais com Cristo (ECC), Focolares e outros.

Depois do almoço foi a vez das oficinas que foram divididas em quatro temas: Escuta ativa como caminho para fortalecer a vida e a família. (Diácono Osmarino e Dulcineia); Tráfico humano e violência: da Identificação a superação dos desafios. (Sandra Loyo); Vícios: da fragilidade ao fortalecimento com a família- serviços de apoio e superação. (Elias Emanuel e Melyssa); A valorização da terceira idade no seio familiar. (Iaraci Lanza). O Momento das oficinas finalizou  com a apresentação dos participantes de cada tema de modo dinâmico, podendo, cada uma usando a metodologia que melhor convier, seja dança, teatro, música.

Encerrado esse momento, todos se preparam para a celebração presidida por Dom José, que durante a sua homilia salientou a importância do matrimônio como sacramento primordial para o seio familiar. “A partir do momento que vocês assumiram o sim, a essa proposta de caminhar juntos como um só coração, então ambos tem que lutar pela salvação do outro e aceitar que passar pela porta estreita significa que a vida é feita de escolhas e renúncias, deixando para trás um jeito de ser e tendo em mente que tudo na vida se conjuga no plural, pois não existe mais o eu e sim um casal. Em nossa igreja a família sempre foi prioridade e queremos que essa pastoral cresça e o segredo para isso é conquistar os padres pois temos um sonho de, em todas as comunidades da nossa arquidiocese, haja um grupo da pastoral familiar”, comentou Dom José.

Fotos colaboração: José Mota e Alexandre de Medeiros – Pastoral Familiar



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *