Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Arquidiocese de Manaus celebra os 21 anos de episcopado de Dom Sergio Castriani

No dia em que se celebra Santa Teresa Benedita da Cruz (Santa Edith Stein), irmã carmelita que foi mártir de Cristo, a Arquidiocese de Manaus promoveu uma missa em ação de graças pelos 21 anos de ordenação episcopal do arcebispo Dom Sergio Eduardo Castriani, realizada no Auditório do Centro Arquidiocesano São José, que desde o dia 5 de agosto passou a ser a nova sede arquidiocesana. Estiveram presentes padres, diáconos, religiosos e religiosas, amigos, leigos de pastorais, serviços e comunidades, e Dom Teodoro Mendes Tavares (espiritano – CSSp), bispo diocesano de Ponta de Pedras, no Arquipélago do Marajó – Pará.

Durante a homilia, lida pelo padre Marcos Antônio, o arcebispo falou sobre a ação de Deus na história que enche a muitos de esperança e coragem para lutar por um mundo melhor. Também abordou a respeito do seguimento de Jesus, que passa pela Cruz, fazendo memória à Santa Teresa Benedita da Cruz, mártir, que fez da cruz o mistério central de sua caminhada na fé.

Ao final agradeceu a Deus pela missão confiada a ele durante 21 anos. “Hoje, ao completar 21 anos de ministério episcopal, rendo graças ao Deus da história , o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que fez maravilhas no meio do povo a mim confiado, conduzindo a história destas duas igrejas, Tefé e Manaus. Agradeço ao Senhor as cruzes que ele me deu cada dia.  Peço a Ele que me ajude a continuar servindo as pessoas com alegria e disponibilidade. E quando chegar a hora em que só Deus estiver comigo, que eu esteja preparado pela oração e contemplação dos mistérios da vida de Nosso Senhor”, concluiu Dom Sergio.

Ao final, o diácono Luis, administrador do Centro Arquidiocesano, em sinal de bênção do local e das pessoas, aspergiu água benta em todo o auditório, nos que estavam presentes e no andar em que funciona a Cúria e o Setor administrativo.

Antes da bênção final, Pe. Zenildo Lima falou um pouco da história do local que hoje é o Centro Arquidiocesano São José e a importância da decisão pela nova sede, mais ampla para acolher melhor as forças vivas da Igreja Local.

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *