Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Pe. Cairo Gama celebra os sete anos de ordenação sacerdotal no Memorial do Cruzeiro

“Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi”, esse foi o lema sacerdotal que o padre Cairo Gama, pároco da paróquia de Santa Teresinha, no bairro do Alvorada 2, se propôs seguir, quando há sete anos disse SIM ao sacramento da ordem. Para comemorar essa data tão importante, foi realizada na noite desta segunda-feira (5/8), a celebração eucarística no campo do Memorial do Cruzeiro, localizado na Av. Timbiras, Cidade Nova, Região Episcopal N. Sra. Aparecida – Setor Padre Pedro Vignola, contando com a presença do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani e dos padres Pe. Marco Antônio (Pe. Marquinhos), Pe. Lamartine Souza, da paróquia de São Sebastião no estado do Maranhão e do Pe. Kleython Cabral, que atua como vigário paroquial na paróquia de Santa Teresinha, auxiliados pelo diácono Ozier Ferreira.

A noite de homenagens também contou com a participação de comunitários da Área Missionária São Lucas e da Paróquia Santa Luzia do bairro da Matinha onde atuou como pároco e da Paróquia Santa Teresinha, onde exerce essa função atualmente. Em fevereiro deste ano, Pe. Cairo recebeu por ordem de Dom Sergio o encargo de ser o responsável pelo Memorial do Cruzeiro, onde em toda primeira segunda feira do mês, é realizada uma missa especial para lembrar as vítimas da violência. A função de responsável foi exercida por muitos anos pelo Pe. Marquinhos, que agora atua no município de Presidente Figueiredo, como pároco da paróquia Nossa Senhora Aparecida, onde tomou posse no último dia 30 de dezembro.

A celebração começou por volta das 19h30, logo após a oração do Movimento Terço dos Homens. Todos acompanhavam atentamente a cada momento, inclusive Dom Sergio que celebrou junto com a assembleia. Após a proclamação do Evangelho realizada pelo padre Kleithon, Pe. Marquinhos conduziu a homilia, dando ênfase na importância de rezar pelas vocações e aproveitou o momento para falar a respeito da caminhada religiosa do amigo padre, o qual conhece desde os tempos de seminário, antes de finalizar, Pe. Kleithon também proferiu algumas palavras referentes ao evangelho, fazendo uma analogia com relação à vida do padre, que não é perfeito, mas sim possui qualidades e defeitos iguais a todos, mas que sempre busca ser aquela imagem de Cristo e do Bom Pastor.

Antes de finalizar, Pe. Cairo também proferiu algumas palavras de agradecimentos a todos os que fizeram a homenagem e estiveram presente, sobretudo ao Arcebispo. “Há sete anos fui ordenado padre sobre a imposição das mãos de Dom Luiz e não foi apenas um sim ao Dom Luiz que dei, mas sim para todos aqueles que conduzem a igreja de Manaus, nesse caso eu só tenho a agradecer também a Dom Sergio que nos ensina muito e, às vezes ele nem precisa falar muito, pois só o fato de Dom Sergio estar presente ele já exala o perfume de Jesus no meio de nós com seu testemunho e sua fé. Agradeço por tudo aquilo que já me confiou, pelos trabalhos e paróquias por onde passei”, disse o padre emocionado.

Ao final da celebração, aconteceu o sorteio de brindes em homenagem ao dia dos pais e também não podia faltar a exibição de fotos de alguns momentos da caminhada de Pe. Cairo. Após o momento das fotos e selfies com o padre Cairo, todos participaram de um singelo jantar com direito a bolo de aniversário e parabéns coletivo. Segundo Núbia Gonzaga, da equipe Amigos do Cruzeiro, cerca de 20 pessoas participaram de toda a organização das homenagens.

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *