Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Vocação e discernimento foram destaque em encontro anual dos coroinhas

“O grande compromisso do/da coroinha é ajudar as pessoas a fazerem o caminho para Jesus e jamais julgá-las, pois isso cabe a Jesus. O grande sacrifício de louvor é a capacidade que cada um tem de amar e de fazer o bem, mesmo diante das situações onde tudo parece mal, quando parece que nada concorre para o bem. É nosso compromisso crescer em meio as dificuldades, em meio as situações difíceis e não desanimar, pois não somos nós que colhemos, mas é Deus que faz a colheita no entardecer ou no final de nossa vida”.  Foi o que afirmou Dom Edmilson Tadeu Canavarros, bispo auxiliar da Arquidiocese de Manaus, durante a missa que deu início ao Encontro Arquidiocesano dos Coroinhas 2019 da Região Episcopal Nossa Senhora dos Navegantes, ocorrido na manhã do dia 27 de julho.

O evento realizado na Igreja Santa Rita de Cássia, no bairro Cachoeirinha, sob o lema “Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos” (Sl 24, 4a), reuniu cerca de 900 crianças e jovens que exercem a atividade de coroinhas em diversas paróquias e áreas missionárias dos cinco setores pertencentes à Região Episcopal Nossa Senhora dos Navegantes.

Segundo Milena, da coordenação da Pastoral dos Coroinhas no Setor Dom Luiz Soares Vieira, este encontro foi preparado para que os temas abordados ajudasse a compreensão do que é vocação, pois dentro desse serviço que realizam na Pastoral dos Coroinhas, é possível descobrir o chamado de Deus para cada jovem.

O evento foi repleto de dinâmicas realizadas para interagir com os presentes e tornar o momento participativo. Dom Tadeu falou aos presentes sobre o que o papa Francisco fala aos jovens sobre a Fé, o Discernimento e a Vocação. Pontuou a necessidade de saber fazer escolhas e entender o projeto de Deus para nossas vidas. Também destacou a ação do Espírito Santo que toca o coração de cada ser humano, as dúvidas e divisões as quais nós vivemos em virtude da fragilidade que o pecado nos causa e a necessidade de se fazer escolhas e não ser indiferente ao que acontece ao nosso redor, buscando sempre estar a serviço do bem do outro.

Em seguida, a coordenação do evento apresentou três vocações aos jovens (sacerdócio, vida consagrada e matrimônio), através do testemunho, da história de discernimento de quatro pessoas e do caminho escolhido a partir de um discernimento vocacional. Padre Danival, pároco da Área Missionária Menino Jesus e Paróquia Nossa Senhora do Carmo, destacou através de seu testemunho de vida que o sofrimento, o abandono e as dificuldades que a pessoa passa na infância e na adolescência não devem determinar que a pessoa seja infeliz, ou que caminhe longe de Deus, mas que tudo isso pode impulsionar para que experimente o amor de Deus e assim sinta a necessidade de doar sua vida e de se dedicar a proclamar a Boa Nova e o Amor de Deus a todos.

O encontro aconteceu nas três regiões episcopais da Arquidiocese de Manaus, com a presença dos seus vigários episcopais e reuniu em torno de 2 mil coroinhas.





Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *