Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Irmãs Scalabrinianas e o trabalho com os migrantes em situação de emergência

As irmãs Scalabrinianas, fazem um serviço evangélico e missionário junto aos migrantes importantíssimo, no brasil e fora do brasil. 37 Irmãs de várias partes do Brasil e do mundo vieram para o curso congregacional de Missão itinerante que está sendo realizado em Manaus na Inspetoria Laura Vicunã, no Aleixo.

No dia 09 de julho as irmãs foram acolhidas pela animadora geral da formação Irmã Etra Modica, que transmitiu a unidade do governo geral com as participantes do curso lendo a mensagem da Madre Geral, Irmã Neusa de Fátima Mariano e, pelas conselheiras provinciais Irmãs Lucilene Carolina de França e Vicentina Roque dos Santos, que expressaram alegria e gratidão pela realização do curso. O curso foi iniciado com a Celebração Eucarística, mistério de amor de Deus e ápice da vida cristã e de nossa vida missionária e consagrada.

A irmã Janete Ferreira tem 39 anos de vida consagrada e faz missão no México e afirma que a presença das irmãs naquela região ajuda muitas pessoas. “Saí do Brasil e fiquei na primeira etapa 22 anos trabalhando em Honduras, Colômbia e Equador, depois voltei para o Brasil por 4 anos, e agora no começo do ano saí pra esse projeto novo das irmãs Scalabrinianas que é marcar presença e cuidar dos migrantes em situações migratórias de emergência, estive no norte do México, agora vamos para o sul do México aonde nós encontramos uma situação migratória muito forte de Centro – Americanos marcando presença e tentando ajudar como congregação”, disse Ir. Janete.

Segundo irmã Janete o Brasil é um grande foco para a migração, onde muitos venezuelanos e haitianos chegam no país. “ Estive há 4 anos aqui no Brasil e a realidade migratória é muito forte, temos uma população heterogenia, nós temos migrantes venezuelanos cada vez mais chegando e já tivemos muitos haitianos que são pessoas que vieram buscar o Brasil como um refúgio e a melhoria da qualidade de vida.

Imigrantes advindos de 40 países, na maioria angolanos, congoleses, entre outros países como Palestina, Costa do Marfim, Serra Leoa são abrigados pelas Irmãs Scalabrinianas.

O curso acontece até o dia 25 de julho na Inspetoria Laura Vicunã, no Aleixo. Quem quiser conhecer mais o trabalho das irmãs junto a Pastoral do Migrante entre em contato pelo telefone 98198-8565.

 

 



Por: Rafaella Moura



One comment on “Irmãs Scalabrinianas e o trabalho com os migrantes em situação de emergência”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *