Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Forúm Franciscano para o Sínodo Pós – Amazônico reúne 160 religiosos em Manaus

Entre os dias 4 e 6 de julho, estará acontecendo o Forúm Franciscano para o Sínodo Pós – Amazônico, como o tema “Perspectiva e desafios para a Conferência da Familia Franciscana no Brasil. O evento conta com a participação de aproximadamente 160 religiosos e religiosas e, o primeiro dia de encontro teve suas atividades realizadas no auditório do Centro Arquidiocesano São José, das 8h às 19h15, tendo pela manha a participação do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani e pela parte do bispo auxiliar, Dom Tadeu Canavarros.

Na programação dois outros dois dias, contará com palestras, formações, testemunhos, momento de oração, animação e celebração, e também com a presença do Pe. Justino Rezende, indígena da etnia Tuyuka, que foi escolhido pelo vaticano para ser assessor do Sínodo da Amazônia. Além disso, ainda está previsto uma série de visitas, como: ao bosque da ciência no INPA; à Ponta Negra; ao Santuário Nossa Senhora da Amazônia (localizado na Fazenda Esperança), além de uma “tour” pelo Rio Negro até o encontro das águas, onde será realizada uma missa celebrativa na embarcação.

Claro que a presença de nossos bispos em um evento Nacional, falando sobre os documentos da igreja para o Sínodo, fez toda a diferença no encontro. “Estamos muito felizes com a presença do nosso Arcebispo pela parte da manhã e agora a tarde com a participação do Dom Tadeu no meio de nós, pois a nossa presença na Amazônia se deve a essa abertura de nossos bispos, que estão em comunhão conosco e faz que seja uma caminhada em comunhão”, comentou Frei Alex Assunção, coordenador do núcleo da Família Franciscana em Manaus.

De acordo com o Frei Ederson Queiroz, presidente da Conferência da Família Franciscana do Brasil, o fórum está diretamente relacionado ao Sínodo para a Amazônia. “Sentimos que essa convocação do Papa Francisco para o Sínodo é muito pertinente e vai atingir não apenas a Amazônia, mas o mundo inteiro. Como Franciscanos e Franciscanas, nós estamos nesse buscando trazer para nossa vida e espiritualidade, os desafios que hoje se coloca para a igreja localizada na região Amazônica, por isso estamos hoje aqui, tratando do Sínodo na perspectiva Franciscana”, disse Frei Ederson.

Fotos colaboração: Frei Dimitri Côrrea



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *