Arquidiocese de Manaus

Procissão e missa em honra à N. Sra. do Perpétuo Socorro reúne centenas de féis no bairro do Educandos

A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada à Rua Inocêncio de Araújo, 44 – Educandos, Setor Maria Mãe da Igreja / Região Episcopal Nossa Senhora dos Navegantes, organizou na noite desta quinta-feira (27/6) uma grande festa em homenagem à padroeira que iniciou às 17h30, com os devotos saindo em procissão da frente da igreja e percorrendo as principais ruas do bairro até retornarem ao Centro Social e Cultural Zulândio Pinheiro, situado nas proximidades da paróquia, onde aconteceu a missa solene, presidida pelo Bispo Auxiliar Dom Tadeu Canavarros, concelebrada pelo pároco, Pe. James Batista, da Congregação do Santíssimo Redentor (CSsR).

A devoção a Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro é uma devoção universal, conhecida e venerada em todos os continentes do mundo, talvez a mais ampla e conhecida devoção de Nossa Senhora, especialmente no Oriente. No mundo todo são realizadas as famosas Novenas Perpétuas em honra de Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro. Em 1866, o Papa Pio IX o entregou aos Padres Redentoristas para que divulgasse essa devoção, o que eles fazem ainda hoje. Ela é a Patrona dos Redentoristas.

Em Manaus, os fiéis devotos da santa apareceram dos quatro quantos da cidade para a tradicional procissão reunindo dezenas de pessoas, fiéis que desde o inicio da tarde já se encontravam dentro da igreja fazendo suas orações, antes mesmo de começaram o trajeto pelas ruas do bairro, cantando e orando, sempre tendo a frente a presença de Dom Tadeu, como a figura do pastor que guia seu rebanho e, mesmo com o sobe e desce das ladeiras existentes pelo caminho, o povo de Deus não desanimou e seguiram firme e forte até o local Centro Social onde foi realizada a missa campal.

“Durante nove dias estivemos batendo à porta da mãe e ela nos fez entrar e nos mostra seu filho pedindo ‘fazei o que Ele vos disser’ e aí fica a pergunta, o que Jesus esta pedindo em nosso coração? Há alguns dias celebramos o Pentecostes e Maria também estava lá, recebendo o Espirito Santo com os apóstolos, assim como nós, toda vez que nos reunimos em oração somos amparados pela presença espiritual da mãe de Jesus. Maria nos ajuda a enfrentar a vida por meio da sua fé e a exemplo dela seguimos Jesus, que nos garante esta mãe, mãe do perpétuo socorro, presente na nossa vida, na nossa igreja, sendo essa força do espirito que nos faz ser novos homens e novas mulheres”, disse Dom Tadeu em sua homília.

Sobre o quadro de N. Sra. do P. Socorro

O famoso e conhecido quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi pintado em estilo bizantino e representa Nossa Senhora, Mãe de Deus, a Senhora das Dores, que socorre seu Filho ainda Menino assustado diante da visão de São Miguel com o vaso de vinagre à esquerda e São Gabriel com a Cruz à direita. A Criança divina assustada diante desses instrumentos de sua Paixão se refugia nos braços de sua Mãe, agarra em suas mãos e deixa cair a sandália do pé direito. A Mãe a acolhe e a prepara para um dia viver a Paixão redentora da humanidade. O quadro tem origem desconhecida; segundo uma antiga tradição teria sido pintado por São Lucas, o que não é garantido. Mas com certeza se sabe que desde 1499 é venerado em Roma. Atualmente o quadro original se encontra na igreja de Santo Afonso de Ligório em Roma.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *