Arquidiocese de Manaus

Paróquia São Vicente de Paulo realiza “roda de conversa” para falar sobre suicídio, depressão e suas consequências

Na noite desta terça-feira (25/6), a Paróquia São Vicente de Paulo, localizada no bairro Compensa 3 – Setor Avenida Brasil/Região Episcopal Nossa Senhora dos Remédios, realizou um evento denominado “Roda de conversa: Depressão e suas consequências”, que reuniu centenas de pessoas das comunidades que compõem a paróquia. A ação contou com a participação do capitão Carpê Andrade da Polícia Militar (PMAM) e da psicóloga Daniella Miranda, uma das idealizadoras do evento.

A programação teve início às 19h30 com oração realizada pelo pároco, Pe. Geraldo Menezes e continuou com a fala do capitão da PM, que comentou sobre sua experiência no combate ao suicídio. O policial enfatizou um caso especial sobre o salvamento de uma jovem que tentou contra a própria vida no viaduto da Boulevard. O PM também questionou a falta de políticas públicas que visem combater e prevenir a depressão e consequentemente o suicídio.

O evento teve prosseguimento com a palestra da psicóloga Daniella Miranda, que de forma técnica, falou da depressão e explicou sobre alguns tipos da doença. Indagada sobre qual a participação dos pais no processo de identificação da doença e do apoio a filhos depressivos, a profissional ressaltou a importância do dialogo entre as partes e instruiu os adolescentes e jovens presentes a pedir ajuda dos pais quando identificarem sinais da depressão.

“Normalmente os filhos tendem a contar tudo para os amigos, parecem ter mais facilidade de abertura com estes. Eu digo que, é importante procurar aqueles que dariam a vida por você. Por mais que em um primeiro momento os pais não entendam o problema, por excesso de amor, eles vão procurar compreender e ajudar. Jovens, conversem mais com seus pais, contem o que sentem e lhes peçam ajuda”, disse a psicóloga.

De acordo com a participante Jocineide Carvalho, ações como essas são importantes para que pessoas compreendam a importância de se discutir o tema. Conforme a jovem, em 2016 ela passou pela difícil situação de acompanhar uma amiga que sofria com depressão. “Passei essa experiência em 2016 com uma amiga minha, foi um processo bem difícil, mas conseguimos superar”, disse.

A ação foi idealizada pela secretária paroquial, Wanilda Lima, e pela psicóloga Daniella Miranda. Conforme Wanilda, o intuito do evento é trabalhar nas prevenções do suicídio e da depressão. “A intenção é prevenir as ocorrências de suicídio, trabalhar sobre os pensamentos suicidas e oferecer apoio aos que sofrem com depressão”, ressaltou.

O suicídio é hoje, a quarta causa de morte entre os jovens de 15 a 29 anos no Brasil. Entre os homens nessa faixa etária, é o terceiro motivo mais comum; entre as mulheres é o oitavo.

Informações: https://www.portaldominuto.com.br

Fotos: Mayara Thays Albuquerque


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *