Arquidiocese de Manaus

Missa em Ação de Graças marca a inauguração da Casa de Missão São João Batista da Comunidade Católica Em Adoração

O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, presidiu na noite desta quarta-feira (19/6), a Celebração Eucarística em Ação de Graças pela abertura da Casa de Missão São João Batista, pertencente à Comunidade Católica Em Adoração, situada à Rua Professor Castelo Branco, nº 3, Conjunto Jardim Yolanda – Parque 10 de Novembro. Durante a solenidade, Dom Sergio também realizou a benção do altar de madeira e a consagração da Capela Nossa Senhora da Promessa.

Frei Pedro Rodrigues, pároco da paróquia Nossa Senhora das Mercês, localizada no Conjunto Eldorado – bairro parque dez e da Área Missionária São Maximiliano Maria Kolbe, localizada no bairro do Aleixo, também concelebrou ao lado do Arcebispo, juntamente com Frei José Adriano, da paróquia Santo Antônio situada na prelazia de Tefé e Frei Dácio, auxiliados pelo diácono Eduardo Henrique, membro fundador e moderador da Comunidade Católica Em Adoração.

De acordo com o diácono, estavam presentes membros das outras casas da Comunidade Em Adoração, vindos de João Pessoa (PB), Salvador (BA) e Tefé (AM). “Hoje temos 47 membros, desses apenas oito vão residir nesta casa (dois casais e quatro celibatários), pois a maioria já está viajando de volta nesta madrugada mesmo. Mas em nossa Casa da Misericórdia temos mais de 320 membros acompanhando no telão a transmissão da celebração via internet, assim como na casa de Salvador também tinha membros assistindo”, comentou o fundador.

O rito seguiu normalmente e, após a procissão de entrada e as boas-vindas de Dom Sergio, foi realizada a benção da água e na sequência, Frei Adriano aspergiu na assembleia. Após a homilia, onde Frei Pedro leu algumas breves palavras de Dom Sergio, o Arcebispo fez a benção do altar de madeira, que logo após foi revestido com a toalha branca, velas e crucifixo. Ao final da celebração, Frei Adriano leu o Decreto de Reconhecimento Jurídico Canônico da Comunidade Católica Em Adoração, tornando assim oficialmente inaugurada a Casa de Missão São João Batista, momento que gerou fortes emoções em todos os presentes.

“O que realizamos aqui já faz parte da nossa história e eu não tenho palavras para expressar o quanto estou feliz e alegre com a abertura de mais uma casa da Comunidade Em Adoração aqui no Amazonas, uma vez que a primeira casa foi inaugurada em Tefé há um ano e meio. Eu costumo dizer que, quando se trata desta comunidade, o Senhor tem pressa porque tudo está acontecendo muito rápido e, com a inauguração desta casa aqui em Manaus, são mais irmãos de adoração que vão estar em missão aqui nas terras amazônicas. Só tenho a dizer que tudo isso é um carinho de Deus para conosco, só temos a agradecer e louvar”, disse Frei Adriano.

Quem também não escondia a emoção com a inauguração da sexta Casa da Comunidade Católica Em Adoração, cujo lema do carisma é Adorar e Servir com Alegria, era o diácono Eduardo, que agradeceu a todos os presentes, sobretudo ao povo amazonense por ter acolhido tão bem os membros da Comunidade. “Sabemos que não foi fácil a caminhada até chegar aqui, mas Deus tem nos abençoado, porque não é a igreja que precisa de nós e sim nós que precisamos da Igreja e por isso, agradecemos a todos que nos tem ajudado e, mesmo com as dificuldades que possam aparecer, meu desejo é que sempre sigamos, porque no final será lindo de se ver”, comentou o diácono.

Após a celebração, todos puderam se confraternizar e desfrutar de um jantar compartilhado, onde a alegria era visível em meio a tantos sorrisos entre os membros da comunidade com a inauguração da nova casa que já está preparada para missão. “Teremos o Grupo de Oração Família de Nazaré toda terça às 19h30 e aos sábados o Cenáculo com Maria, iniciando às 8h30. Nos outros dias nossas atividades continuam ajudando na igreja Nossa Senhora de Lourdes e Nossa Senhora das Mercês”, explicou Brunno Porto, guardião da nova casa recém inaugurada.

Homilia do Arcebispo

“O missionário não vem para ser o protagonista e sim o coadjuvante e é por isso que hoje estamos aqui, ao redor da mesa, da Palavra e do pão, para agradecer ao Senhor a benção que é para a nossa igreja, a vinda desses nossos irmãos e irmãs e assim queremos selar uma aliança com eles entrando em comunhão por meio do Corpo e sangue do Senhor.

Adorar é estar diante de Deus no silêncio exterior e interior e vocês trazem a palavra Adoração no nome da comunidade, isso é um atestado vivo que as comunidades são um sopro de juventude para a igreja, porque representam a volta aos ideais da igreja primitiva, onde todos tinham tudo em comum e eram um só coração e uma só alma.  

Espero, que está casa seja construída sob a rocha, não a casa material, mas a comunidade que aqui vai morar. Que a igreja permaneça vivendo em comunhão com as outras comunidades, porque mesmo a igreja sendo maior que as comunidades, ela precisa das comunidades para conservar a sua juventude e capacidade de resposta aos desafios do mundo. Sejam carismáticos conservando a alegria e evitando a mentira, sede verdadeiros uns com os outros, pois a verdade é o principio do amor e a pedra fundamental é Jesus e o seu evangelho”.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *