Arquidiocese de Manaus

Infância e Adolescência Missionária celebra 20 anos de existência na Arquidiocese de Manaus

Na manhã deste domingo (26/5), o Arcebispo Metropolitano de Manaus presidiu a celebração em homenagem aos 20 anos de fundação da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e, também pela 7ª Jornada Nacional da IAM que este ano traz como tema “Batizados e enviados: IAM em missão pelo mundo”. A Santa missa foi realizada às 10h na Catedral Metropolitana de Manaus, foi concelebrada pelo pároco, Pe. Hudson Ribeiro, auxiliado pelo diácono Ruzeval Cardoso.

A celebração começou com a procissão de entrada trazendo alguns símbolos como: a bandeira, o globo, o terço, banner dos 20 anos, cartaz da jornada e duas crianças com as vestes da padroeira. A solenidade ocorreu em sintonia com o Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa Francisco, com o objetivo de render graças a Deus por todas as crianças, adolescentes, assessores e tantos missionários e missionárias que estiveram presentes lotando a igreja da Matriz, assim como os demais que fazem parte dessa obra e que, com seu testemunho, sacrifício e oração, tornam Jesus Cristo conhecido e amado.

“A Igreja é fruto do Espírito Santo que nos conduz e a IAM também é obra do Espírito Santo que suscitou essa reação da igreja e firmou compromisso, todos somos iguais diante Deus e todos temos uma missão, por isso vocês são a luz do mundo que ilumina uma igreja santa e uma nova Jerusalém”, comentou o Arcebispo em sua homilia. Antes de encerrar o momento, Pe. Hudson também falou da importância do IAM no sentido de continuar o legado de Jesus.

“Jesus disse: ide por todo o mundo e anunciai a Boa Nova a toda a criatura, e vocês estão de parabéns por fazerem isso, pela coragem e ousadia de levarem o amor de Jesus em nossas paróquias, áreas missionárias e comunidades. Continuem firmes e fortes sem desanimar, nada de preguiça, levem a alegria e o sorriso no rosto para outras crianças que precisam de ânimo, pois não há nada mais bonito que o sorriso de uma criança que com certeza faz com que o mundo seja um lugar melhor”, disse Pe. Hudson ao finalizar o momento da homilia.

Logo após deu-se inicio o momento da consagração, onde na IAM a consagração é uma forma de as crianças e adolescentes assumirem pública e solenemente a decisão de ser missionário(a). É o dizer sim, é a disposição para colaborar para que todas as crianças e adolescentes do mundo conheçam Jesus, O amem e se amem. O rito começa com os assessores colocando o lenço (um dos símbolos da IAM) em cada criança e depois e realizada um prece com as crianças segurando uma vela acesa assumindo definitivamente o compromisso de serem fiel à missão.

De acordo com Ellen Prestes, assessora da Área Missionária Santos Martes, pertencente ao Setor São José Leste, os lenços tem um simbolismo muito importante. “Os lenços possuem nas bordas as cores dos continentes missionários, e dentro as cores amarelo e branco representam as cores da bandeira do Vaticano onde está o Papa, que é o nosso primeiro missionário e os lados são unidos em volta do pescoço por um boton e são colocados dessa forma pois significa que as crianças levam a missão de evangelizar nos ombros”, explicou a assessora.

Segundo Raylene Andressa, assessora da equipe de coordenação e participante do IAM há 10 anos, ao todo na Arquidiocese existem cerca de 900 crianças e adolescentes engajados em vários grupos espalhados pelas paróquias e áreas missionárias. “Na IAM, criança evangeliza criança e adolescente evangeliza adolescente, por meio de visitas e formações que eles mesmo preparam e realizam sob a orientação dos assessores e hoje celebramos uma missa muito bonita em homenagem a esse trabalho que desde 1999 vem sendo realizado na Arquidiocese de Manaus”, disse Raylene.

      

 

 

 

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *