Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Festa da Divina Misericórdia mostra amor de Deus pela humanidade através de Jesus Cristo

No dia em que a Igreja celebrou o mistério da Misericórdia de Deus revelada plenamente em seu filho Jesus, as seis comunidades da Área Missionária Divina Misericórdia estiveram reunidas na missa solene presidida por Dom José Albuquerque, bispo auxiliar da Arquidiocese de Manaus e vigário da Região Episcopal Nossa Senhora de Aparecida, e concelebrada pelo pároco padre Flávio Gomes, na manhã de 28 de abril, na quadra da Comunidade Nossa Senhora do Rosário, localizada na Rua 133, cidade Nova 2.

Nem o forte sol impediu a presença das cerca de 300 pessoas, que vivenciaram aquele momento importante para a área e ouviam atentamente as palavras de Dom José sobre as leituras e a importância de celebrar a misericórdia divina, de  agradecer a Deus pelo Dom da Misericórdia, louvar a Deus porque Jesus está vivo e ressuscitou, pela sua misericórdia, que é o nome dado ao amor de Deus que não conhece fronteiras e barreiras.

“Nada é imediato, nem os discípulos entendiam o que Jesus queria dizer com o que Jesus dizia sobre sua morte e ressurreição. Foi preciso um tempo, fazer uma caminhada, por isso Jesus, mesmo depois de ressuscitado, quis permanecer com os seus discípulos, ficou com eles por quarenta dias até chegar o dia da ascensão, quando Jesus volta para junto do Pai, e no domingo seguinte envia o Espírito Santo, no Pentecostes. Jesus em cada vez que apareceu aos discípulos sempre desejou a paz, mas essa paz não é ausência de problemas. Nossa fé em Jesus Cristo é uma amizade, um relacionamento. Podemos até ser como Tomé e duvidar em alguns momentos da vida, mas precisamos perceber que Jesus vem ao nosso encontro não para nos castigar, nos cobrar ou humilhar. Ele vem para confirmar que Ele está presente, que é o mesmo de ontem, de hoje e de sempre. Ele nos convida a olhar pra ele e dizer as mesmas palavras de Tomé: ‘Meu Senhor e meu Deus!’. Temos que fazer uma experiência pessoal com Jesus e imitá-lo, amar, perdoar, fazer o bem”, explicou Dom José.

O bispo também destacou a importância de uma vivência em comunidade, de aos domingos celebrar juntos onde Jesus fala através do Evangelho, pois são bem-aventurados são todos que acreditam sem terem visto, repetindo o que Jesus disse e mandou repetir, em memória dele, agindo com misericórdia, compaixão com quem mais precisa, com os necessitados. Explicou ainda que Jesus se faz presente na pessoa do padre, que celebra a missa em nome de Cristo. “Vocês tem um privilégio enorme pois têm Jesus como padroeiro, o maior de todos os santos, o Filho de Deus, o salvador do mundo. Que a gente possa agradecer a Deus e a igreja pela missão de anunciar ao mundo que Jesus é o nosso salvador, o nosso companheiro que sempre vai nos ajudar a encontrar a felicidade nos caminhos da vida”, finalizou Dom José.

Sobre a Área Missionária

A Área Missionária Divina Misericórdia foi criada em 21 de fevereiro de 2010, por decisão do então arcebispo, Dom Luís Soares Vieira, como resultado do desmembramento da Paróquia São Bento. Pertencente ao Setor Pe. Pedro Vignola e está localizada a Zona Norte de Manaus, abrangendo quatro bairros: Cidade Nova II (Núcleos 7, 9, 10, 11, 12, 13 e 14), Jardim Canarana I e II, Conjunto Cidadão I e Conjunto Vila Real. É constituída de seis comunidades: Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora da Assunção, São José Operário, Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, São Pedro e Santa Maria, cada uma delas com sua igreja e entregue sobre os cuidados pastorais do Instituto Missões Consolata, sendo designado responsável o padre Pietro Parcelli.

A Área Missionária procura desempenhar um trabalho basilar de Evangelização através de serviços pastorais organizados: Catequese, Liturgia, Dízimo, Batismo, Coroinhas, Acólitos e Cerimoniários (PCAC), Ministros da Eucaristia e Palavra, Pascom, Circulo Bíblico, Encontro de Casais com Cristo (ECC), Grupo de Oração (RCC), Terço dos Homens, Escola de Formação de Fé e Política e Projeto Reforço Escola: onde crianças em vulnerabilidade social são atendidas.

Em comunhão com a Igreja de Manaus e com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2015-2019, tem renovado o compromisso com a evangelização e assumimos também o mesmo objetivo de “evangelizar, a partir de Jesus Cristo, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida, rumo ao Reino definitivo”.

 

Confira as fotos desta festa.



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *