Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Primeiro encontro catequético da Pastoral do Surdo é realizado em Manaus

“Quem é Jesus?” foi o questionamento que norteou o primeiro Encontro Catequético da Pastoral do Surdo, realizado no dia 31 de março, nas dependências do Seminário São José, das 9h às 15h. O evento reuniu cerca de 20 deficientes auditivos e intérpretes para um momento introdutório a respeito do conhecimento de Jesus, sob a assessoria de Renan Rodrigues que é intérprete e membro de apoio da Pastoral do Surdo do Regional Norte 1 – Amazonas e Roraima, coordenada pelas surdas Alice Costa e Diana Souza.

Na ocasião, foram feitos vários questionamentos sobre Jesus e dinâmicas para melhor assimilação sobre Quem é? Onde está? A relação Jesus, evangelho e igreja; o que significa seguir Jesus; Jesus fonte carismas para que todos com suas diferenças e dons possam bem servir a igreja/irmãos, contribuindo para a unidade. Houve dinâmicas de grupo, específicas para os dez surdos presentes assimilarem o conteúdo tratado.

Esse foi o primeiro encontro catequético que deve ocorrer uma vez ao mês nas dependências do seminário São José, uma iniciativa da nova equipe de coordenação da Pastoral da Comunicação do Regional Norte 1 que tem feito um bonito trabalho de articulação, estruturando a pastoral na Arquidiocese de Manaus e implantando em outras dioceses e prelazias.

“Houve um trabalho realizado há anos, mas não se conseguiu estruturar a pastoral. Agora há uma equipe de coordenação bem ativa, que está trabalhando e possui uma programação para este ano. Esse foi o nosso primeiro encontro formativo, porque até então a pastoral se resumia a missas e interpretação, mas deve ser mais amplo e envolver catequese, formações e visitas. A partir dessa equipe estamos conseguindo fazer esse trabalho em Manaus e colaborando para a implantação em outros locais, por exemplo, em Parintins e Boa Vista, que fazem parte do Regional Norte 1”, destacou Renan.

O próximo encontro já está agendado e será no dia 28 de abril, das 9h às 15h, no Seminário São José, situado à rua Maromba – Chapada, e são convidados a participar os surdos, filhos de surdos, intérpretes e quem mais se interessar e souber Libras.

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *