Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Setor Centro Histórico promove encontro de espiritualidade para ministros extraórdinários da comunhão

Na manhã do dia 30 de março aconteceu, no auditório do Centro de Formação Amadeu Caroni, pertencente ao Santuário São José – Centro, um encontro de espiritualidade para os ministros extraordinários da sagrada comunhão (MESC) do Setor Centro Histórico, assessorado pelo Monsenhor José Carlos Sabino, que falou aos presentes sobre a vocação para o serviço, em especial no ministério da Sagrada Comunhão; a importância da oração, da conversão pessoal, da confissão, da vivência em comunidade e da formação permanente; e apresentou diversas orientações sobre o cuidado que se deve ter ao distribuir a comunhão seja na visita aos doentes, seja durante a celebração eucarística.

Para o vigário episcopal da Região Nossa Senhora dos Remédios, Monsenhor Sabino, é extremamente importante reunir para refletir questões inerentes ao serviço e exercício do Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão. “A comunhão é algo de mais caro que temos na religião católica e saber lidar com a Eucaristia é essencial e a gente não pode abrir mão disso. Assim como todos os encontros que visa a formação de nossos leigos é sempre muito importante. Estar aqui presente e dar essa apoio que é tão necessário e formação nunca é demais para qualquer pessoa que está aqui na igreja. A gente tem que conhecer e ter trato para lidar com as coisas sagradas”, afirmou o Monsenhor Sabino.

Socorro Lira, coordenadora do MESC do Setor Centro Histórico, destacou a importância em se realizar encontros de formação e espiritualidade que permitem uma reflexão a cerca do serviço e agregar o conhecimento a respeito do trabalho realizado. “Monsenhor Sabino em sua fala afirmou que não podemos falar daquilo que não conhecemos. O que ele trouxe hoje nos provocou a refletir sobre aquilo que estamos fazendo. Eu tenho certeza que cada ministro que esteve aqui hoje vai fazer uma reflexão, pensar como está exercendo o seu ministério. A maneira como ele colocou suas palavras foi muito bom e foi bem dentro de nossa realidade, daquilo do que vivemos dentro do nosso ministério e tenho certeza de que isso vai florescer. Certamente essas formações são essenciais para agregar conhecimento e reforçar o que pensamos já saber. Se Deus quiser vamos continuar a promover encontros como esse como nossos amigos/irmãos do Setor Centro Histórico”, afirmou Socorro

 

Fotos:  Francisco Alves




Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *