Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas realiza assembleia e decide nova diretoria

No dia 23 de março aconteceu no auditório Mãe Paula, localizado nas dependências do Centro de Formação da Arquidiocese de Manaus (Cefam), a III Assembleia Arquidiocesana do Laicato de Manaus com a presença de Dom Sergio Eduardo Castriani, Arcebispo Metropolitano de Manaus e dos cristãos leigos e leigas representantes das pastorais, movimentos, serviços e organismo.

Após a oração, Dom Sergio pediu a representante da comunidade Hallel para ler a introdução do Plano de Evangelização (2019-2022) que nos fala da vivência da Igreja que deve ser de comunhão afetiva e efetiva, uma igreja em saída, missionária e plural. Que o Mistério Pascal na liturgia Eucarística e da Palavra seja o centro da vida de nossas comunidades de fé, que somos uma igreja de Jesus Cristo, temos que viver a caridade como cristãos e como instituição. 

Em seguida, Dom Sergio falou da importância do papel dos leigos e leigas na igreja e na vida em sociedade, que não devemos ter medo de falarmos sobre os problemas sociais, que temos que estar mais próximos de nossos irmãos excluídos e marginalizados.  Na sequência foi apresentado a atual coordenação do Conselho do Laicato da Arquidiocese, e as atividades desenvolvidas durante os três anos de mandato, como: formações nos setores sobre o que é o Conselho e o Doc CNBB 105, Cristãos Leigos e Leigas na igreja e na sociedade; a participação no encontro do regional Norte 1, no Colegiado Nacional e nas Assembleias Gerais Ordinária Nacional.

O Conselho de leigos e leigas hoje está presente na comissão de articulação do Laicato do regional Norte 1, na Comissão REPAM Norte 1, no Fórum das Águas,  no Sares, na Comissão Estadual de Prevenção e Combate à Tortura do Amazonas e na Rede Um Grito pela Vida. Participa da articulação da Campanha da Fraternidade arquidiocesana, pastorais sociais e Grito dos excluídos. Foi lido pela presidente e vice-presidente o que é o Conselho Nacional do Laicato do Brasil, qual a sua importância e quem pode participar, os objetivos e diretrizes.

Após esse momento, Nilson Moreira leu regimento para dar seguimento a escolha da coordenação para o novo triênio. Na condução da votação a assembleia foi consulta se poderia conduzir a coordenação ao novo mandato ou se faria nova escolha e por aclamação, foi decidido que a coordenação atual fosse conduzida há mais um mandato. Houve mudanças de pessoas devido problemas pessoais, como a secretária anterior, Walda Araújo sendo substituída por Roberto Rivelino e a tesouraria adjunto, que antes era comandada por Francisco Assis, agora estará com José Ricardo Wendling.

Após a instituição da nova presidência, Edney Manauara falou do encontro Nacional de comunicação que aconteceu ano passado e o processo de articulação que está sendo organizado para divulgação das atividades nas dioceses e prelazias. José Ricardo falou da importância do papel dos cristãos leigos e leigas na politica motivados principalmente pela Campanha da Fraternidade sobre políticas públicas. Dom Sergio concluiu falando da importância dos cristãos leigos e leigas estarem atuando em diversos espaços da sociedade, que é fundamental que entendamos e participemos desse espaços de decisões, que sejamos sempre sal da terra e luz do mundo.

Antes do evento finalizar, a representante da Renovação Carismática Católica pediu a permissão para rezar pela saúde de Dom Sergio e, em seguida, o Arcebispo deu sua bênção encerrando a assembleia.

Quadro da nova coordenação do Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas

Presidente: Patrícia Cabral

Vice: Adam Lopes

Secretário Geral: Roberto Rivelino

Secretária Adjunta:Ivani Jacaúna

Tesoureira Geral: Ana Maria Soares

Tesoureiro Adjunto: José Ricardo

 

Informações e fotos:  Patrícia Cabral

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *