Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Missa com Pe. Kleber Farias marca o encerramento da 26ª edição do Maranatha

Após três dias intensos de muita oração, formação e espiritualidade, chegou ao fim, na noite desta terça-feira (5/3), a 26ª edição do Carnaval Católico Maranatha, que esse ano teve como tema “Batizados e Enviados” e lema “Senhor que queres que eu faça”. O evento, que é organizado todos os anos pela comunidade Nova e Eterna Aliança, aconteceu pelo segundo ano consecutivo no Centro de Convenções Vasco Vasques, localizado na Av. Constantino Nery, ao lado da Arena da Amazônia, iniciando às 8h e terminando às 18h. Entre os convidados estiveram: o missionário e pregador Eduardo Oliveira, da Comunidade Filhos de João Batista, vindo de Sete Lagoas (MG) e o padre Kleber Farias, formador da Casa de Missão em Aparecida (GO) e que também atuou durante um ano como pároco da Área Missionária Maria Imaculada (AMMI), pertencente ao setor Dom Luiz Soares Vieira, da Arquidiocese de Manaus.

Segundo Theo Menezes, fundador e coordenador geral da Comunidade Nova e Eterna Aliança, o evento foi muito satisfatório e que ocorreu segundo a graça de Deus e com o apoio de vários parceiros. “Foi um evento de muitas bênçãos onde Deus realizou aquilo que tinha prometido em nossas orações e tenho certeza que o povo que chegou aqui, pôde sentir essas bênçãos que nós vivemos juntos nesses três dias, mas que viemos planejando há meses com uma equipe de mais de 100 pessoas provenientes do movimento do Terço do Homens, os irmãos da comunidade Filho Amado, ministério de música, dança, louvor, intercessão, além do apoio de religiosos e demais leigos da arquidiocese que direta ou indiretamente deram apoio e participaram”, disse o coordenador.

Para o pregador Eduardo Ribeiro, que esteve pela segunda vez em Manaus participando do Maranatha, foi uma alegria estar de volta e ver Deus agindo no meio das pessoas. “Fizemos duas pregações nesta terça-feira, onde nós mergulhamos na misericórdia de Deus e podemos experimentar as graças e bençãos de Deus e vimos Ele agir na vida das pessoas, restaurando famílias e reavivando a fé, os testemunhos não mentem e é isso o que importa, que Deus cresça e que a gente diminua, pois tudo é para a honra e glória do nome do Senhor”, disse o missionário que veio de Minas Gerais especialmente para o encontro.

Outro que veio de fora, mas que também é conhecido “da casa” é Pe. Kleber, com seu carisma de arrastar multidões, fez uma homilia onde ressaltou a nossa relação com Deus e encerrou com muito louvor, mostrando que quem canta realmente reza duas vezes. “Para mim foi uma nova experiência e foi muito bom conhecer essa comunidade que se faz presente no meio dos pobres, dos marginalizados, dos mais necessitados e dos esquecidos da sociedade e, aqui no Maranatha, é um lugar que vem o povo de Deus sedento para revigorar amadurecer, potencializar sua fé para que sejam verdadeiros discípulos e missionários de Deus que está no meio de nós. Saio muito feliz e satisfeito por este reencontro aqui em Manaus e por todo o evento em si que foi montado durante esses três dias”, comentou Pe. Kleber.

Outro ponto que vale ressaltar é o Maranathinha, que ocorreu nos três dias de 8 às 18h fazendo uma interatividade entre as crianças e adolescentes que também se fizeram presente, com várias atividades que envolviam músicas, brincadeiras e momentos de oração, conforme explicou Izabel Barros, coordenadora e animadora do Maranathinha. “Tivemos cerca de 100 crianças e jovens que participaram conosco em vários momentos de descontração e brincadeiras entre elas: pula corda, elástico, jogo da memória, The Voice Maranathinha, além de pinturas, desenhos, jogo de bola. A ideia é a partir do ano que vem, separar por idade, uma sala para crianças até os 12 anos e outra para os adolescentes e jovens, e para isso sugerimos montar uma equipe de jovens para ter a responsabilidade para tomar conta dessa parte”.

Mais sobre o celebrante convidado

Padre Antônio Kleber Guilherme de Farias, a congregação Oblatos de Maria Imaculada (OMI), nasceu no dia 09 de setembro de 1983, na cidade de Vitória de Santo Antão – PE. Entrou na Casa da Missão dos Oblatos de Maria Imaculada no ano de 2008, na cidade de Belém – PA. Estudou filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC), é Bacharel em Teologia pelo Instituto São Paulo de Estudos Superiores ( ITESP). Além do curso de filosofia e teologia, Padre Kleber Farias, também possui cursos na área de psicologia e espiritualidade, feitos na Escola Tereza D’ Ávila, centro de formação dos Carmelitas em São Paulo, e de liturgia pelo Instituto de teologia do Pará (IPAR) e espaço sagrado com Claúdio Pastro, fez seu noviciado em Aparecida de Goiânia – GO, no ano de 2012, tendo professado seus primeiros votos em janeiro de 2013. Se ordenou diácono em Sumaré, na paróquia Nossa Senhora Aparecida no dia 29 de Outubro, do ano de 2016 Em 08 de dezembro de 2017, foi ordenado sacerdote na Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Vitória de Santo Antão – PE. No dia 20 de janeiro de 2018, foi empossado como novo pároco da Área Missionária Maria Imaculada (AMMI).



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *