Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Pe. Geraldo Menezes toma posse como novo Pároco da Paróquia São Vicente de Paulo

Na noite deste domingo (10/02), o Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, deu posse ao presbítero Pe. Geraldo Menezes da Silva, diocese de Divinopólis (MG), como novo pároco da Paróquia São Vicente de Paulo, localizada à Rua Santa Rita, 833 – Compensa III, Setor Avenida Brasil pertencente à Região Episcopal Nossa Senhora dos Remédios. A celebração contou com a participação de vários comunitários provenientes de todas as sete comunidades que compõem a paróquia e também com o Pe. Marco Antônio (Pe. Marquinho), ex-pároco que veio acolher o seu sucessor e concelebrou com o Arcebispo.

Durante a homilia, Dom Sergio falou baseado nas leituras do dia depois salientou um pouco do trabalho missionário de Pe. Geraldo que já atuou até em Tefé. A celebração continuou com a renovação das promessas sacerdotais, com o novo pároco sendo interrogado pelo arcebispo diante do público, após esse momento, foi realizada a leitura da Ata de Posse e, em seguida, Dom Sergio realizou a entrega dos três instrumentos que o pároco recebe para desempenhar bem a sua missão: Estola e casula; a chave do sacrário; e o Evangelho, declarando assim empossado e apto para desempenhar suas funções de pároco.

“A estola é o símbolo do poder sacerdotal, que ele usa para ministrar os sacramentos da eucaristia, confissão e unção dos enfermos que ele é o responsável. A maior riqueza da igreja é a eucaristia que nós guardamos no sacrário para levarmos aos doentes e enfermos, e o padre é o responsável pela chave do sacrário, para que não falta nunca o pão consagrado na celebração eucarística. O padre é o homem de palavra e da Palavra, que vive e anuncia a Palavra de Deus, um instrumento que ele já recebeu pelo menos duas vezes antes, e hoje recebe novamente ao assumir como pároco”, explicou Dom Sergio.

Pe. Geraldo foi ordenado em 1998 e já tem uma grande experiência como pároco. Antes de vir para Manaus, atuou durante três anos como Administrador Paroquial, na Paróquia Senhor Bom Jesus em Divinópolis e, em seu discurso, agradeceu a calorosa acolhida e pediu para rezarem por ele. “Quero agradecer a todos pela acolhida, sobretudo do padre Marquinhos. Me coloquei a disposição para estar junto com vocês e fazer a experiência da partilha, pois o que vai nos unir é a graça de Deus. Peço humildemente para que rezem por  mim pois eu não vim aqui para ser o chefe de vocês, vim aqui para ser irmão e quero contar com o apoio solidário de todas as comunidades”, disse o padre.




Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *