Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Políticas Públicas é temática de encontro formativo sobre a Campanha da Fraternidade realizado em Manaus

Representantes de Pastorais, Serviços e Organismos do Regional Norte 1 – Amazonas e Roraima da CNBB estiveram reunidos entre os dias 27 e 29 de novembro, no Centro de Formação Maromba, situado no bairro Chapada, para participar do encontro de formação sobre a temática da Campanha da Fraternidade de 2019 “Políticas Públicas”, conduzida pela assessoria do bispo do Alto Solimões, Dom Adolfo Zon Pereira, que é especialista no assunto.

Foram três dias de intensa reflexão para despertar nos participantes, cerca de 90 pessoas, a compreensão sobre políticas públicas e sua importância, visando seguir o objetivo da Campanha da Fraternidade 2019 que pretende estimular a participação em Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, conhecendo como são formuladas e aplicadas as Políticas Públicas no âmbito municipal, estadual e federal. Espera-se que os presentes neste encontro sejam multiplicadores, levando estas reflexões e fomentando discussões nas comunidades de todas as nove prelazias e dioceses do Regional Norte 1 que compreende os Estados do Amazonas e Roraima.

Dom Adolfo deu uma verdadeira aula sobre porque existem e como deveriam funcionar as políticas públicas e também relacionou a isso a doutrina social da Igreja Católica. Destacou que o ser humano é essencialmente social e precisa do outro para sobreviver, por isso é tão importante que conheça a cultura política, seus valores e idéias, atitudes e predisposição, opinião política, saber quem são os atores e agentes envolvidos, as instâncias que existem, quais espaços o cidadão pode adentrar e fazer a diferença, lutando conta a corrupção e para que estas políticas beneficiem a sociedade como um todo, especialmente no campo da saúde, educação, habitação, dentre outros, garantindo os direitos e a cidadania, promovendo justiça social.

“Trabalhamos para fazer familiar o texto-base que a Campanha da Fraternidade está nos oferecendo, sobre a temática das políticas públicas. Eu tentei, no primeiro dia, coloca a CF dentro do contexto da quaresma, porque eu creio que é um elemento muito importante, pois sublinha uma dimensão muito importante da quaresma que é a conversão estrutural e social porque não devemos nos esquecer que o ser humano é um ser social, então a conversão tem também que atingir as suas relações com os outros e também as estrutura que ele vai criando”, destacou o bispo do Alto Solimões.

Na tarde do segundo dia de encontro (28/11), os presentes se dividiram em 12 grupos para refletir as pistas que foram dadas por toda a exposição dentro do método VER, para julgarem e formularem propostas (AGIR) do que pode ser realizado em cada localidade na intenção de disseminar uma visão crítica e tornar as pessoas agentes de transformação, conscientes de seus direitos e deveres diante da sociedade, buscando o bem comum.

“Eu creio que um dos compromissos do ser cristão é também converter as estruturas de pecado em estruturas da graça de Deus. Eu creio que no campo da política, é possível converter ou fazer dessas estruturas canais da graça de Deus. Pra isso, a primeira coisa que temos que fazer é conhecer a natureza dessa atividade, e respeitando suas leis internas, nós vamos colaborar para que também a graça de Deus passe por este mundo da política que tanto precisa. E eu creio que se a sociedade estiver muito mais perto daqueles que nós escolhemos para levar para frente a comunidade política e as suas ações, eu creio que no final vamos ganhar todos. Eu espero que esta campanha da fraternidade nos empolgue e nos faça mais próximos das nossas autoridades para que juntos possamos encontrar as soluções que mais convenham aos problemas que nós estamos sofrendo”, explicou Dom Adolfo.

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *