Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Defesa da vida é tônica da Assembleia da Cáritas Arquidiocesana de Manaus

Mais um triênio de gestão da Cáritas Arquidiocesana de Manaus está se encerrando e este organismo da Igreja Católica Local realizou sua Assembleia Geral nesta quarta-feira (28) com três itens de pauta: apresentação do relatório das atividades da Cáritas e das Pastorais Sociais em 2018, prestação de Contas 2017 até outubro de 2018, além da eleição e posse da nova Diretoria e Conselho Fiscal da entidade.

A missão da Cáritas é testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo, defendendo a vida e participando da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural, junto com pessoas em situação de exclusão social. Para Dom Sergio Castriani, presidente da entidade a Cáritas é o braço caritativo da Igreja. “Nossa Cáritas assume três níveis da caridade em si que é a promoção e defesa da vida, ações emergenciais, além da promoção de políticas públicas que defende os direitos de tantas pessoas oprimidas”.
Com 58 anos de atuação a Caritas tem vários projetos. A valorização das populações tradicionais (indígenas e ribeirinhos); acolhida e acompanhamento de migrantes e refugiados; produção agrícola, cultural e alimentar; regularização fundiária e direito à moradia; defesa de direitos das crianças, dos adolescentes e dos jovens; e a articulação e formação política são exemplos de atividades que o organismo desenvolve, segundo Pe. Orlando que é vice-presidente da Caritas. “Eu hoje estou numa paróquia nova e vejo tantas crianças, jovens e idosos sem ter um braço que possa levar algo além da oração e é por isso que temos que fortalecer e ampliar a caritas para dimensão das nossas paróquias e áreas missionárias para promover esse nível de caridade na base”, destacou Pe. Orlando.
A religiosa irmã Delires que esteve na Assembleia representou a Caritas Regional Norte I e falou da alegria de se ter institucionalizado Cáritas em sete das nove dioceses/prelazias do nosso regional. “Agora no último dia 21 de novembro a Diocese de Parintins constituiu sua Caritas Diocesana e agora restam somente duas dioceses para implantarmos esse serviço da caridade na nossa Igreja Regional Norte I que abrange os estados do Amazonas e Roraima”, ressaltou a irmã.

Nova Diretoria e Conselho Fiscal 
A nova diretoria da Caritas para os anos de 2019 a 2021 foi composta da seguinte forma:
– Presidente – Dom Sérgio Eduardo Castriani (CSSp), arcebispo metropolitano de Manaus;
– Vice-Presidente – padre José Alcimar Araújo, pároco da paróquia São João Batista no Iranduba;
– 1ª Secretária – Zarete Socorro Vaz Pereira, representante da Pastoral Carcerária;
– 2ª Secretária – Maria Guadalupe Peres das pastorais sociais;
– 1º Tesoureiro – Diácono Francisco Salvador Pontes Filho, administrador da Maromba;
– 2º Tesoureiro – Diácono Rozinaldo Mota Trovão da Área Missionária Santa Mônica.

Os membros do Conselho Fiscal são:
– 1ª Conselheira – Ir. Roselei Bertoldo, representante da CRB/Manaus;
– 2º Conselheiro – Diácono Manoel Messias Gonçalvez Nascimento da Caritas da Paróquia São José Leste;
– 3º Conselheiro – Pe. Orlando Barbosa pároco da Paróquia São Francisco de Assis;
– 1ª Suplente – Lúcia Cleide da Silva Soares, representante da Pastoral da Criança;
– 2º Suplente – Pe. Joaquim Hudson de Souza Ribeiro, pároco da Catedral Metropolitana de Manaus.

O Diácono Afonso Brito permanece coordenando as atividades como secretário executivo da Caritas Arquidiocesana de Manaus. A assembleia aconteceu no Auditório Mãe Paula do Centro de Formação da Arquidiocese de Manaus – CEFAM.

Por Edney Manauara – Pascom Arquidiocesana

Colaboração para o site da Arquidiocese de Manaus



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *