Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom Sergio preside solenidade de instalação da Missão do Coração de Maria no Tarumã Mirim

O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, presidiu na manhã deste domingo (4/11), a celebração de Instalação da Missão do Coração de Maria no Tarumã-Mirim. A celebração foi realizada na comunidade ribeirinha Nossa Senhora de Fátima, sendo concelebrada pelo padre Hércules Lima que, juntamente com as irmãs da congregação Filhas do Coração de Maria, ficarão responsáveis por administrar as atividades pastorais nas sete comunidades ribeirinhas que atualmente compõem a Missão pertencente ao Setor Pe. Ruggero Ruvoletto – Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida.

A celebração teve início pontualmente às 9h, mas a “aventura” para chegar na comunidade começou muito antes pois, uma das peculiaridades de toda comunidade ribeirinha, é o deslocamento feito por via fluvial que, por sí só, já se torna um diferencial que se deve levar em conta na hora da evangelização. “Já cheguei a ficar 1h30 esperando até ter gente suficiente para a voadeira sair da marina do Davi e me levar até umas das comunidades do igarapé do Tarumã Mirim onde eu ia celebrar a missa das 9h, que começou quase 11 e, mesmo com esse atraso, o povo ficou me aguardando, ninguém foi embora da igreja até eu chegar. É realmente um povo que da satisfação de cuidar”, disse sorrindo Pe. Hércules.

Na igreja o clima também era de total alegria, com pessoas de todas as sete comunidades vindo prestigiar essa data tão sonhada e aguardada. E, apesar de ser uma celebração simples, a equipe de organização foi muito acolhedora e o povo muito participativo em todos os momentos.  Fora os comunitários, também estavam presentes alguns missionários da paróquia São Raimundo Nonato e representantes do movimento Juventude Missionária Salesiana (JMS), que desempenham atividades junto às comunidades. Durante a sua homilia, Dom Sergio fez um breve comentário sobre o evangelho e sobre as leituras do dia e depois falou de maneira bem espontânea sobre a importância daquele momento como comunidade e também do que significa ser Missão.

 

“O que é ser missão? é o sentimento do nascimento de uma Igreja e, hoje estamos aqui, no dia que a igreja celebra o dia de todos os santos, a comunhão dos santos, para fazer a Instalação da Missão do Coração de Maria, que significa coração de mãe, mãe de todos e de todas as comunidades e, as comunidades da Igreja Católica são para o serviço da humanidade e da sociedade. Nesta APA demos prioridades e uma atenção especial às comunidades ribeirinhas.  Que a nossa igreja seja uma igreja Mariana, pois antes de ser de Pedro é de Maria, assim como a nossa Igreja da Amazônia tem o rosto feminino. Vamos trabalhar para que mais pessoas venham para nossa Missão em nossas comunidades”, desejou o arcebispo.

Para a Ir. Anajá Fernandes, vinda da Bahia e que há dois anos faz trabalho missionário nas comunidades ribeirinhas do Tarumã Mirim, a Instalação da Missão do Coração de Maria é um pedacinho do bolo que vão fazer crescer em todas as comunidades que existem e nas que virão.  “As vezes as comunidades se sentem distantes das coisas que acontecem na arquidiocese em virtude da distância e da nossa localidade, mas com a Missão, elas começam a se sentir acolhidas e respeitadas e principalmente sendo reconhecidas como Igreja. Por isso, hoje para nós é um dia de muita emoção e a realização de um sonho que só temos a agradecer a Dom Sergio, por sua atenção e disponibilidade e ao Pe. Hércules que foi um verdadeiro presente de Deus em nossa comunidade”, comentou emocionada a Ir. Anajá.

Muito emocionado também estava Pe. Hércules, que não conseguiu segurar as lágrimas após o momento da leitura do Decreto de Criação da Missão. Para ele será um grande desafio dar continuidade ao legado que Pe. Celestino Ceretta começou há mais de 20 anos. “Em agosto desse ano, Dom Sergio me perguntou se eu aceitava o desafio de trabalhar nas comunidades ribeirinhas do Tarumã Mirim, como bom soldado eu aceitei e hoje estou muito feliz em poder atuar junto das Irmãs que já desenvolvem um belo trabalho há dois anos aqui e também em honrar o trabalhado iniciado pelo Pe. Celestino há muito tempo atrás”, disse Pe. Hércules, que todo fim de semana está presente, realizando celebrações nas comunidades no sistema de rodizio, de modo que possa atender a todas elas de maneira igual.

Carinho e confraternização

Após a benção final, foi realizada a tradicional foto oficial, para registrar esse momento histórico de todos os presentes junto ao Arcebispo e Pe. Hércules. Logo em seguida, foi a vez das fotos individuais junto a Dom Sergio que, muito solicito atendeu a todos que queriam demonstrar o carinho e admiração pelo Arcebispo. Neste exato momento todos foram surpreendidos pela chegada de Pe. Celestino, um dos desbravadores da região, que estava em Manaus celebrando e por isso chegou um pouco mais tarde. “Estou feliz em ver que as coisas estão andando, um passo tão importante que a gente esperava agora foi dado para continuar algo que começou há 20 anos. Deus está fazendo o caminho e cabe a nós seguir”, disse padre Celestino ao se encontrar com Dom Sergio.

Ao término da celebração, todos foram convidados para participar de um café da manhã compartilhado no centro paroquial. Foi um momento de muita confraternização, alegria e celebração de mais um importante passo dado. Para Pe. Celestino, Dom Sergio tomou a decisão correta ao instalar Missão ao invés de implantar o sistema tradicional de Área Missionária ou Paróquia. “Nós começamos como uma comunidade pequena que, com o passar dos anos foi crescendo e hoje somos Missão, não somos Área Missionária ou Paróquia, somos um trabalho intermediário em que as pessoas vão assumindo funções e nós vamos vendo o que pode ser melhorado. Foi uma decisão prudente de Dom Sergio, fazendo um trabalho preparatório para que possamos corrigir aquilo que ter que se corrigir e no momento certo chegaremos à Área Missionária ou Paróquia”, comentou Pe. Celestino.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *