Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Arcebispo preside missa campal no cemitério São João Batista em lembrança aos fiéis defuntos

Centenas de fiéis participaram da missa campal realizada em frente ao Cemitério Municipal São João Batista, localizado à avenida Boulevard Álvaro Maia, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul. A missa já é uma tradição e encerra uma série de missas presididas por vários padres no decorrer dessa sexta-feira (2/10), em alguns cemitérios de Manaus (Santa Helena, Santo Alberto, São Francisco, Nossa Senhora da Piedade e Nossa Senhora Aparecida), para celebrar o dia dos fiéis defuntos e homenagear os entes queridos que partiram e deixaram saudades.

A celebração, começou pontualmente às 18h e foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, concelebrada pelo Pe. Daniel Curnis, pároco da paróquia N. Sra. de Nazaré e, auxiliados pelo diácono Luiz Lima. “Finados é dia de saudade, de lembrar-se de amigos e parentes falecidos, mas também é dia de esperança, de professar a nossa fé e crer na ressurreição de Jesus”, comentou o arcebispo.

Durante a sua homilia, Dom Sergio falou como a morte nos lembra que todos somos semelhantes. “Quanto mais velho ficamos, maior fica a lista dos entes que já partiram, mas nossa presença aqui mostra que acreditamos na ressurreição de Jesus e na vida eterna que Ele conquistou para nós. Pensar na morte nos deixa humildes e tira todo nosso orgulho do coração, pois somos pessoas que temos um fim e isso nos torna todos iguais diante da morte. Que hoje possamos rezar pelos nossos falecidos e que eles rezem por nós também quando nós partimos para a casa do Pai”, disse Dom Sergio.

Apesar de ser uma missa para se lembrar e homenagear os mortos, não houve clima de tristeza e, seja sentado nas cadeiras, na beira da calçada ou até mesmo em cima da sepultura por dentro do cemitério, os fiéis participaram com muito fervor e ao final, voltaram para casa com a fé em Cristo renovada. “Todos os anos eu venho, mas sempre é uma emoção diferente e cada vez melhor, hoje tudo estava lindo, as preces, o canto os comentários de Dom Sergio”, comentou emocionada dona Maria Cardoso da Paróquia N. Sra. de Nazaré.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *