Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Missa marca 13 anos da Casa Frei Mário Monacelli que acolhe soropositivos para tratamento em Manaus

Parceiros, voluntários, funcionários, religiosos, acolhidos da Casa Frei Mário Monacelli estiveram reunidos na manhã do dia 24 de setembro, na Capela do local para uma missa e almoço comemorativo pelos 13 anos de instituição da casa, criada em 2005, com o objetivo de acolher, temporariamente, pessoas adultas vindas do interior do Estado do Amazonas e de outros estados, portadoras de HIV/AIDS, com necessidade de acolhida, acompanhamento, apoio moral, psicológico, social, e para a adesão ao tratamento.

O presidente da missa pelo aniversário da instituição, Pe. Zenildo Lima, afirmou que a celebração eucarística foi marcada pela gratidão pelo que Deus permite que seja realizado ali, pois não foi celebrar apenas o aniversário da casa, mas as realidades implicadas nessa experiência, e explicou que é preciso estar atento ao tempo do outro, pois o que define o serviço é o tempo e a necessidade do outro e não a nossa disponibilidade. “Aqui nesta casa existe uma causa que agrega pessoas, benfeitores, voluntários, gente que se coloca à disposição. Muitas pessoas assumem esta causa também e acabam somando conosco. Mas aqui há um diferencial que chama a atenção. Aqui tem uma causa, mas tem pessoas que tem sua individualidade, sua integridade, sua história que por causa da natureza da infecção, são pessoas machucadas e precisam enfrentar uma avalanche de situações. O modo como elas são acolhidas, queridas e cuidadas nesta casa, ajudam as pessoas a fazer perguntas pra frente, para saber como querem viver, como vão cuidar da vida, como vai ser a qualidade de suas vidas”, explicou.

Os voluntários também puderam falar suas experiências com o serviço que doam aos que ali são acolhidos, em alguns casos ajudou a enxergar, em meio a dor, que a vida continua e há outros em situação pior que precisam de sua dedicação e acolhimento. A casa conta com assistentes sociais, psicólogas e advogados que doam seus serviços em favor dessas pessoas que, além da acolhida, do carinho, do acompanhamento, precisam conhecer seus direitos, saber onde ir e o que reivindicar para alcançar melhor qualidade de vida a partir da doença.

 

Sobre a Casa de Apoio

Ela foi inaugurada em 2005, pela Ir. Maria Vera Lúcia Oliveira, da Congregação das Irmãs da Imaculada Conceição, com ajuda da Arquidiocese de Manaus, que por uma causa sensível aceitou esta iniciativa devido a urgência e necessidade diante da epidemia de DST/AIDS no Amazonas. No dia 25 de setembro de 2010 foi reinaugurada com o nome de Casa de Apoio Frei Mário Monacelli, acontecimento que foi marcado com uma celebração Eucarística, presidida pelo então Arcebispo da Arquidiocese de Manaus, Dom Luís Soares Vieira, com a presença dos frades Capuchinhos, algumas Irmãs, colaboradores e as pessoas que residem na casa. Hoje ela está sob a condução da Cáritas Arquidiocesana e da Pastoral DST/Aids, e ainda conta com o apoio dos frades capuchinhos. Tem capacidade para acolher 21 pessoas do interior do estado que vem à Manaus para o tratamento, exames e consultas.

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *