Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

EJC promove encontro da juventude na paróquia N.Sra. do P. Socorro

“Juventude, esperança para um mundo ferido” foi o tema da segunda edição do Encontro de Jovens com Cristo (EJC) que é uma iniciativa dos jovens da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Educandos com apoio do Encontro de Casais com Cristo (ECC). O evento aconteceu nos dias 22 e 23 no salão paroquial de N.Sra. do Perpetuo Socorro e contou com a participação de cerca de 40 jovens, que durante os dois dias receberam uma série de formações com temas referentes à juventude, tendo inclusive a presença de Dom José Albuquerque, bispo auxiliar de Manaus, cuja sua palestra teve como tema: Coragem Jovens, Cristo chama e o mundo espera por vocês 

“É de fato uma experiência muito bonita de convite a todos os jovens da redondeza à passarem o sábado e domingo se encontrando para falar de assuntos referentes aos jovens, ajudando a se dar conta que eles são igreja e como igreja têm a missão de evangelizar a juventude, sobretudo aqueles que não conhecem a Cristo. É um encontro de animação, de celebração e também de renovação de um compromisso e por isso fazemos votos que possa gerar muitos frutos e verdadeiros evangelizadores numa realidade tão desafiadora. Esperamos que sirva de exemplo para que outras paróquias façam o mesmo”, disse Dom José.

Segundo Alexandre Jorge e Fátima Regina, coordenadores gerais do encontro, o EJC é uma extensão do ECC que foi criado para os filhos dos casais que participam dos ECCs em todas as Arquidioceses do Brasil que aconteciam simultaneamente, mas em locais separados e com focos diferentes. “Isso foi uma forma da gente envolver não só os casais, mas também os filhos e colocar os jovens e adolescentes dentro da igreja junto com os pais, com formações, dinâmicas e palestras voltadas para eles”, comentou Alexandre.

De acordo com Fátima Regina, o objetivo do EJC é exatamente esse, trazer a família para a igreja para que possam conhecer as atividades que não só os pais desempenham, mas também ter uma ideia de como funciona cada pastoral e serviço e a partir daí se encantar por algum movimento. “No primeiro encontro foram 78 jovens que conseguimos reunir no encontro realizado totalmente pelo ECC, esse ano foram os jovens da comunidade que organizaram tudo e eles que foram convidando outros jovens para virem participar e alguns são frutos do encontro do ano passado também”, disse a coordenadora.

“O EJC é um movimento escola como costumamos a falar, aqui os jovens aprendem a trabalhar por outros. A cada encontro em vem, vivenciam e no próximo eles vão trabalhar pelos novos jovens e, assim ficamos só na supervisão. Dessa forma vamos formando novos coordenadores, novos palestrantes”, complementou Alexandre. Entre esses jovens da equipe da coordenação, podemos citar Gabriela Romero, uma das cinco jovens dirigentes esteve a frente da organização. “O encontro foi gratuito, exigindo apenas a presença. Nós corremos atrás de doações para fazer tudo para eles com muito amor e carinho. Eles só precisam trazer a espiritualidade e a vivência cristã”, comentou a jovem responsável pelas palestras do encontro.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *