Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Pastoral do Dízimo reúne 570 agentes em formação sobre a importância do leigo na família e na igreja

“A Importância do Leigo na Família e na Igreja” foi o tema da Formação para Agentes da Pastoral do Dízimo da Região Episcopal Nossa Senhora dos Remédios, realizada na manhã deste domingo (23/9), no auditório do Colégio Dom Bosco – Centro. Esta é a ultima formação da pastoral em 2018.

O assessor do encontro foi o padre Charles Cunha que prendeu a atenção dos  570 agentes presentes com as explicações e exortações sobre o que é ser leigo atuante na igreja e na família, e envolveu todos os participantes em dinâmicas para auxiliar na assimilação da importância de atos de acolhida, alegria, agradecimento e partilha.

Padre Charles afirmou a todos que o agente do dízimo deve ser uma pessoa acolhedora que carrega de fato um coração igual ao que simboliza esta pastoral, deve abraçar com sinceridade, ser e fazer as pessoas se sentirem felizes por serem amadas por Deus, evangelizar por suas ações e testemunho, pois o propósito dentro desta pastoral é ser sal e luz na igreja, na família, no trabalho, no mundo, contribuindo para que a igreja seja santa. Segundo ele, quem nos confiou esta missão foi Jesus e a missão é para todos os leigos e o agente do dízimo não é um voluntário, mas sim um missionário. Deus chama sem levar em conta aparências, pois o que Deus vê é o coração e o dom de todos é importante e devem ser colocados a serviço.

“Cristo vive e age na Igreja que é seu sacramento, sinal e instrumento. Todas as vezes que somos sal e luz do mundo e nos colocamos a serviço, Cristo age em nós. Com isso, somos presença na Igreja e no mundo”, destacou.

Monsenhor Sabino esteve presente e falou aos agentes que encontros como estes são muito importantes não somente pela dimensão formativa, mas também para o que é próprio do encontro que é a animação para serviço, e encerrou destacando o quanto é importante o agente da Pastoral do Dízimo para uma paróquia, pois sem dinheiro as obras da igreja não vão pra frente e a evangelização não se realiza.

“Vocês são o suporte que acolhe e recebe esta contribuição mensal do dízimo, que é de fundo bíblico, e tão necessária para a missão hoje”, destacou o monsenhor que também é vigário da Região Episcopal Nossa Senhora dos Remédios.

Confira as fotos.

 

 

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *