Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

“Não a violência! Somos todos irmãos e irmãs” é tema da X Caminhada pela Paz Padre Rogério Ruvoletto

Centenas de pessoas que compareceram na tarde deste domingo (16/9), para participarem da X Caminhada pela Paz Padre Rogério Ruvoletto, em homenagem ao padre missionário italiano, considerado Mártir na Igreja da Amazônia, que foi assassinado em setembro de 2009. A caminhada teve como tema, “Não a violência! Somos todos irmãos e irmãs”. A concentração foi realizada no terreno do cruzeiro, localizado na avenida 7 de Maio, bairro Santa Etelvina, de onde seguiu até a Igreja da Comunidade Santo Antônio, encerrando com a missa solene, presidida por Dom José Albuquerque, bispo auxiliar da Arquidiocese de Manaus.

Após sair do Terreno do Cruzeiro, a caminhada percorreu o seguinte percurso: Avenida 7 de maio, até a feira municipal; Av: Nossa Senhora de Fátima Nossa Senhora de Fátima; Rua Santa Etelvina; Rua Dom Milton; Casa Paroquial; Avenida Governador Amazonino Mendes; Terminal de ônibus; Igreja Santo Antônio onde aconteceu a Santa Missa, tendo como concelebrantes Pe. José Ribeiro Oliveira, Pe. Jorge Alan, Pe. Josevaldo de Souza Machado., Pe, Jovercino Siqueira, Pe. Hugo Hernandes, Pe, Rubson Vilhena

Durante a caminhada de um pouco mais de uma hora, com algumas paradas para momentos de reflexão, a comunidade relembrou o exemplo de vida e os trabalhos realizados pelo padre junto às cinco áreas missionárias que compõem o antigo setor 12, hoje chamado carinhosamente de setor Padre Ruggero Ruvoletto. “O objetivo é fazer um alerta pela vida e pela dignidade do ser humano, protestar contra a violência, e clamar por justiça e paz para todos. Fazendo memória do testemunho de um irmão que derramou o seu sangue” disse Claudia Gama, coordenadora leiga do Setor Pe. Rogerio Ruvoletto.

A caminhada teve momentos de fortes emoções, principalmente na hora das paradas, três no total, onde em cada uma delas era abordado algum tema importante, sendo dividido da seguinte forma: 1º parada,  reflexão feita pela Área Missionária São João XXIII, onde jovens da Pastoral de juventude, conduzidos pela Irmã Ilona, abordaram a questão dos Imigrantes; 2º parada, Reflexão sobre a Educação feita pela Pedagoga Selma, Área Missionária Tarumã; 3º parada, visitação a casa paroquial onde residiu Pe. Rogério Ruvoletto, com a Pastoral da Juventude e Coroinhas recepcionando os participantes da caminhada; 4º parada, reflexão sobre a família feita pelos jovens da Área Missionária Monte das Oliveiras.

Breve histórico e origem da caminhada

Pe. Ruggero veio de Padova, nordeste da Itália, para o Brasil e chegou a Manaus vindo de Pesqueira (PE), que o enviou para o Amazonas para desenvolver um projeto chamado “Cristo Aponta para a Amazônia”. Chegou a atuar como padre durante um ano e oito meses, cuidando de todas as áreas missionárias que compõem o setor, até a manhã do dia 19 de setembro de 2009, quando foi assassinado em seu quarto, na casa padres, como até hoje é conhecida a residência.

Após três dias do ocorrido, a comunidade se reuniu e decidiu realizar esse ato em memória do padre, ao todo, cerca de 5 a 6 mil pessoas mobilizadas. A primeira manifestação pela paz ocorreu no sétimo dia do seu falecimento com o objetivo de também fazer um alerta pela vida e pela dignidade do ser humano e lutar pelo martírio do padre, esperando o reconhecimento do Vaticano. De lá para cá, todos os anos a comunidade se reúne, atraindo pessoas até mesmo de outros setores e chamando a atenção da imprensa clamando pela paz, segurança e menos violência.

Mais informações em breve

  



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



One comment on ““Não a violência! Somos todos irmãos e irmãs” é tema da X Caminhada pela Paz Padre Rogério Ruvoletto”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *