Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Direitos humanos e agenda pelo desencarceramento são pautas da Assembleia da Past. Carcerária do Amazonas

A Pastoral Carcerária do Amazonas realizará em setembro sua assembleia anual e contará com a presença do padre Valdir Silveira, coordenador nacional desta pastoral. No dia 22/9 (sábado), pela manhã, ele falará sobre direitos humanos, e apresentará a agenda pelo desencarceramento, no período da tarde.  A coordenação estadual considera este um momento único e convida todos os interessados na temática a participar, porém é necessário confirmar presença até o dia 18, para a coordenação providenciar a alimentação.

Esta assembleia anual vai ocorrer na Casa de Retiro Vicente Cañas, na Rua: Careiro Castanho 172 (antiga Mariza Mendes) Jorge Teixeira – Manaus (https://goo.gl/maps/Yi2PEgWv7a82)

Sobre o assessor desta assembleia

Padre Valdir pertence ao clero da Arquidiocese de São Paulo, é formado em Filosofia e Teologia, ordenou-se sacerdote em Santarém – PA em 1988; cursou Formação Humana e Teologia, pela Universidade Católica do Paraná; Mestrado em Teologia Moral, pelo Instituto Alfonsianum de Ética Teológica; e Melhoria na Gestão Penitenciária para a Incorporação dos Diretos Humanos pela escola Kings College London – International Centre for Prison Studies.   Hoje é coordenador nacional da Pastoral Carcerária e desde o mês de março de 2017 representa a América Latina na Comissão Mundial de Pastoral Penitenciária Católica.

Sobre a temática abordada

A promoção dos direitos humanos não é um gosto pessoal, e sim vocação do cristão, está na nossa doutrina social porque é de Jesus. O direto é direito, e não favor e privilégio

A agenda visa viabilizar o desencarceramento e fortalecer as práticas comunitárias de resolução pacífica de conflitos, por meio de diretrizes como:
• Suspensão de qualquer investimento em construção de novas unidades prisionais;
• Limitação máxima das prisões cautelares, redução de penas e descriminalização de condutas, em especial aquelas relacionadas à política de drogas;
• Ampliação das garantias da execução penal e abertura do cárcere para a sociedade;
• Proibição absoluta da privatização do sistema prisional;
• Combate à tortura e desmilitarização das polícias, da política e da vida.

 

Para informações e confirmação de presença, entrar em contato com a Pastoral Carcerária através do e-mail pcr.manaus@gmail.com  ou  telefones (92) 99256-2150 (Nazaré) / 98135-4910 (padre João)

 

Com informações da Pastoral Carcerária do Amazonas



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *