Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Livro “Suicídio: diálogos interdisciplinares” é lançado na FSDB tendo Pe. Hudson Ribeiro como um dos seus organizadores

Na noite desta terça-feira (28/8), foi realizado na Sala de Eventos da Faculdade Salesiana Dom Bosco (FSDB) – Unidade Leste, o lançamento do livro “Suicídio: diálogos interdisciplinares”, que teve como organizadores a Dra. Denise Machado Duran Gutierrez e o Dr. Pe. Joaquim Hudson de Souza Ribeiro. A obra é fruto de pesquisas inéditas no estado do Amazonas e aborda o suicídio com um fenômeno psicossocial. O livro conta com a contribuição de 22 autores, entre eles: filósofos, psicólogos, enfermeiras, médicos, educadores, alunos de pós-graduação, mestrandos e doutorandos, todos profissionais que atuam com pesquisas e estudos sobre o assunto no Amazonas.

No lançamento estiveram presentes alunos, professores e reitores da FSDB e da Ufam, seminaristas, padres, diáconos, religiosos, leigos, amigos e parentes dos autores, além da presença do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, que foi uma das autoridades que compôs à mesa. ”Suicídio é algo que sempre me chamou atenção, até porque já teve casos com pessoas próximos a mim desde quando cheguei na Amazônia. Este livro traz um assunto de suma importância, pois todo dia vemos relatos de várias pessoas que tiram a vida, não sei se um dia a gente vai entender esse fenômeno, mas precisamos saber como prevenir”, comentou Dom Sergio.

De acordo, com Pe. Hudson Ribeiro, pároco da Catedral, autor de três capítulos do livro e organizador dos demais junto com a Dra. Denise, a obra é um livro científico, que constitui diversas áreas do conhecimento e pesquisas de campo envolvendo suicídio de crianças, idosos, indígenas entre outros. “São pesquisas científicas inéditas no estado do Amazonas, é uma obra de grande relevância e de ousadia da nossa parte, provocando para que outros pesquisadores de fato possam também vir pesquisar, pois esse é o primeiro livro publicado sobre suicídio no Estado e a ideia é que muitas obras futuramente possam surgir”, disse.

Pe. Hudson também ressaltou que é um livro acadêmico, por isso não foi trabalhada a parte religiosa e só a parte psicossocial, onde ele mesmo escreveu alguns capítulos da parte filosófica e psicológica, na qual é doutor, onde salientou os atendimentos da arquidiocese com crianças e adolescentes que foram vítimas de abuso sexual que, como consequência, gera uma tendência ao suicídio. “A automutilação e as tentavas de suicídio são reflexos de alguém que foi vítima de abuso sexual, é bom lembrar que estamos diante do ‘setembro amarelo’, que é o mês da prevenção e do enfrentamento do suicídio e portando o livro acaba sendo uma provocação, para que outras pessoas possam atentar para essa problemática está crescendo inclusive aqui no Amazonas”, explicou.

Para Dra. Denise, foi uma noite de muita alegria onde apesar de estarem celebrando o lançamento, é um tema que jamais pode ser comemorado. “Aqui é um lugar lindo, onde nos sentimos em casa. Agradecemos a acolhida no lançamento desse livro que traz um assunto delicado, um tema tabu que é difícil falar dele, mas é importante que a gente com coragem se aproxime desse tema muitas vezes arrepiante para alguns. Esse livro nos convoco para uma maior sensibilidade social, para que possamos sair da nossa área de conforto, para a gente poder reconhecer nossas realidades e poder estar ao serviço de outros, afinal de contas, a ciência deve servir a sociedade e redundar um bem-estar maior para todos, incluindo várias vozes, principalmente daqueles que sofrem”, comentou a Dra. Denise, enquanto agradecia a todos pelo incentivo e apoio.

E foi assim, em meio aos amigos e conhecidos, num ambiente de muita descontração, com música ao vivo e momentos de poesia que intercalava o breve discurso das autoridades que compuseram à mesa, que o livro foi lançado. Ao fim da solenidade, a tradicional fila de autógrafos se formou e todos tiveram a oportunidade de trocar uma palavrinha mais de perto com os organizadores da obra, fazer a famosa selfie e degustar um delicioso coquetel. “Esse livro é um alerta para que todos nós cristãos, pessoas de boa vontade e das diversas áreas de conhecimento, para não se acovardar diante de algo que tira a vida e que possamos refletir juntos, provocar a opinião pública, propondo estratégias de enfrentamento, prevenção e superação do suicídio”, finalizou Pe. Hudson.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



One comment on “Livro “Suicídio: diálogos interdisciplinares” é lançado na FSDB tendo Pe. Hudson Ribeiro como um dos seus organizadores”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *