Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Banda Madrigal Sagrada Família grava seu 1º CD ao vivo no Largo São Sebastião

Fundada em outubro de 2010, pelo Maestro Ailton de Freitas, a Banda Madrigal Sagrada Família (BMSF) surgiu com a proposta de formar um grupo de cantores para a missa transmitida pela televisão, mas que não fosse um grupo comum e sim grupo que tivesse como diferencial a divisão de vozes, cantasse com unção e levasse para a comunidade um motivo para rezar mais. A partir daí o maestro foi em busca de juntar pessoas que tivesse o gosto pelo canto e o desejo de aperfeiçoar seu talento musical por meio da preparação de voz e técnicas vocais. Das missas transmitidas pelo canal AMAZON SAT, a BMSF começou a se tornar conhecida e a ser chamada para participar de outros eventos como: musical de natal, festivais de música católica até chegar à Festa de Pentecostes, ficando responsáveis por fazerem a animação na mais importante celebração da Igreja Católica.

Hoje em dia a BMSF conta com uma média de 17 músicos de diversas comunidades da Arquidiocese de Manaus, mas é uma formação que muda segundo a necessidade e o tempo de cada integrante, tendo como membros fixos o maestro do grupo, sua esposa Izabel Barros (professora de técnica vocal), Alayse Torres, Ana Paula Di Castro, Laila Chrystine Barbosa, Lívia Demétrio de Araújo (a mais nova do grupo, com apenas 13 anos), além dos tocadores de violão (dois no total), baixo, bateria, teclado, flauta e sax, e mais quatro bailarinas. São quase oito anos de muitos desafios e conquistas, mas que por meio da música, conseguem tocar os corações e veem o milagre acontecer, sobretudo entre os jovens. “Se nós começarmos desde a catequese a preparar o jovem a ser músico, atores, cantores, nós vamos ter no futuro uma igreja cheia de grandes artistas e o melhor é saber que isso tira muitos jovens das drogas e dos outros vícios do mundo”, disse o mentor da banda.

A BMSF também realiza a palestra de formação em técnica vocal nas comunidades, com o intuito de procurar desenvolver a postura da voz, sonoridade, resistência quanto a respiração e sustentação do som, ou seja, dar treinamento para aprimorar a capacidade de cantar. “Hoje nas igrejas, muitas pessoas cantam de forma independente e sem orientação, mas com a técnica vocal, a pessoa ou o coral canta bem melhor”, explicou.

Gravação do 1º CD ao vivo

No dia 18 de agosto, na Praça São Sebastião, a BMSF realizará um show dedicado à Mãe de Jesus, e também fará o lançamento do seu primeiro CD de músicas autorais com o nome “Maria, Mãe de Deus”, iniciando as 18h com a oração do terço e pré-show. O evento terá caráter filantrópico, pois pretende arrecadar alimentos não perecíveis e doá-los para a Casa Mamãe Margarida.

“É a primeira banda cristã que se apresentará, por meio da Secretaria da Cultura (SEC), no projeto Tacacá na Bossa. É um show para toda a família e no qual faremos o gesto concreto da coleta de alimentos para doar para a Casa Mamãe Margarida, pois é uma instituição que abriga menores e está realmente precisando. Em oração pedimos a orientação da virgem Maria e ela direcionou para fazermos isso. O curioso é que a maioria dessas músicas participaram dos festivais na Casa Mamãe Margarida e ganharam até troféus”, comentou maestro Ailton.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *