Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

PM do Amazonas homenageia padroeira N. Sra. Auxiliadora, com missa presidida por D. Sergio

A Policia Militar do Amazonas promoveu na manhã do dia 24 de maio, a missa em honra a Nossa Senhora Auxiliadora, Padrona da Capelania. A celebração eucarística foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, e concelebrada pelo capelão da PM, pe. Nelson Pereira; capelão do Exército Brasileiro – 12ª. Região Militar, pe. José Ricardo; também capelão do Exército Brasileiro, Pe. Claudio Márcio Cassiano; e o capelão católico da Marinha Brasileira, Pe. Márcio Queiroz Miranda; auxiliados pelo diácono Ademar Mendes.

A Sargento Regina, que assumiu o comentário da missa, convidou todos os presentes a render homenagem pela presença de Maria, sob o título de Nossa Senhora Auxiliadora, nesta data tão significante para eles, elevaram louvor a Deus por ter dado Nossa Senhora como intercessora pelos policiais que pelo seu trabalho profissional não medem esforços para manter a ordem pública com a missão de servir e proteger a população do Estado do Amazonas, composto por 62 municípios.

Dom Sergio, durante a homilia, destacou Maria como a mãe que cuida e é exemplo para que nós também possamos cuidar uns dos outros, em especial os policiais que tem essa missão de serem cuidadores da sociedade. Afirmou ainda que se formos Cristãos autênticos estaremos fazendo o bem, mesmo que haja adversidades, não se pode desistir de ser bom e fazer o bem. Encerrou pedindo a Nossa Senhora Auxiliadora que interceda por cada policial para que possam cumprir sua missão de cuidar e socorrer aqueles que precisam de segurança, e também pediu à Maria para que seja o colo onde esses policiais possam buscar conselho, consolo e também seja aquela com quem se pode desabafar nos momentos de angústia.

Durante o ofertório, os policiais depositaram diante do altar do Senhor, alguns símbolos da missão cotidiana: o capacete, a boina, a farda e a viatura. E ao final do momento de comunhão, o cabo Márcio Guimarães, contou a história da festa de Maria Auxiliadora, iniciado no século XIX e a devoção difundida por Dom Bosco. Em seguida, duas belas homenagens: a sargento Regina entregou um terço à Maria e depois uma aluna no colégio da PM coroou Nossa Senhora com flores.

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *