Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Juventudes e IVC é tema de Seminário realizado pela Pastoral Vocacional

Nos dias 12 e 13, foi realizado no Centro de Treinamento da Maromba, o Seminário para animadores juvenis e vocacionais, organizado pela Pastoral Vocacional (PV) em parceria com a CRB – Manaus, trazendo como tema: Juventudes e Iniciação à Vida Cristã (IVC), contando com 64 representantes de todo o Regional Norte 1 (com exceção de São Gabriel da Cachoeira), entre leigos (as) e religiosos (as), além da presença de Dom José Albuquerque, bispo referencial Norte 1.

O seminário teve como assessor, o especialista em juventude, Carlos Eduardo Cardozo (Cadu), autor de diversos artigos sobre a juventude junto à igreja e a sociedade e, atualmente, é vice-diretor do Colégio Social Stella Maris no Rio de Janeiro, além de ser professor da disciplina “Cultura atual e juventude” na Pós-Graduação do Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA), em Belo Horizonte. Também é autor do livro, “Jovens Construindo Juventudes”, publicado em 2016.

Segundo Esther Chacon, coordenadora da PV, o seminário é uma espécie de formação para formadores, incluindo formadores e educadores vocacionais da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB). “Percebemos que há uma necessidade de atingir o jovem com a linguagem deles, por isso chamamos o especialista em juventudes e, várias congregações religiosas enviaram seus formadores para juntos aprendermos como abordar os jovens e saber como nos aproximar melhor deles”, disse Esther.

 

O assessor, que além do mestrado e doutorado no assunto, também possui uma longa experiência com movimentos e grupos que trabalham com jovens, nas dioceses e congregações, usou uma metodologia que abordou um assunto sério, de maneira leve e descontraída, onde os participantes nem sentiram o tempo passar. Para melhor entendimento, o tema foi dividido em três ‘sub-temas’: Realidade Juvenil; Religião e os jovens hoje e, A arte de acompanhar os jovens, conforme explica Cadu.

 

“A realidade juvenil compreende entender os jovens hoje e assim saber trabalhar melhor com esse fenômeno juvenil. O segundo aspecto abordado é analisar quais são os eixos e critérios que norteiam a experiência religiosa dos jovens hoje e como eles estabelecem uma relação com Deus e com uma religião. E, na arte de acompanhar os jovens, damos pistas e ações práticas para o trabalho de pastoral vocacional e pastoral juvenil na animação e evangelização da juventude”, comentou o assessor.

 

O seminário finalizou com um almoço, onde todos puderam se confraternizar e trocar experiências sobre o que aprenderam. Segundo Cadu, o feedback foi muito positivo e acima das expectativas. “Houve momentos de reflexões maduras e muito sérias, e isso é muito bom e superou minhas expectativas, pois mostra que é um grupo muito maduro, com bastante experiência e bem engajado em suas realidades. Isso é um sinal de esperança frente a uma possível mudança nos seus respectivos trabalhos”, disse o assessor.

 

De acordo com Esther, o seminário trouxe uma qualidade maior de escuta e aprendizado para um verdadeiro trabalho de acompanhamento na fé dos jovens. “O nosso papel enquanto PV é o cuidado com a juventude hoje, mas um cuidado no sentido de fazer descobrir sua própria vocação, pois nós temos diferentes tipos de juventudes que precisam ser ouvidas e nós temos que estar sempre preparados para esse desafio “, disse a coordenadora da PV.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar