Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom José celebra o Crisma de 68 jovens e adultos da A.M. Monte das Oliveiras

68 crismandos da Área Missionária Monte das Oliveiras – setor Pe. Ruggero Ruvoleto, receberam na noite deste sábado (07/04) o sacramento da Confirmação em uma celebração presidida pelo Bispo Auxiliar de Manaus, Dom José Albuquerque, concelebrada pelo pároco Pe. Juvercindo Siqueira, pelo vigário paroquial Fausto Beretta, auxiliados pelo diácono Valdomiro Gonçalves. A missa campal também contou com a presença do Pe. Carlos Homero, recém-chegado da Costa Rica, que irá desempenhar um trabalho missionário ao lado dos dois outros padres.

A celebração começou com o rito de entrada fazendo a apresentação do círio pascal, do óleo do Crisma, seguido dos coroinhas, crismandos, padres e Dom José, que fez as boas vindas dando a benção a todos os presentes. Após a proclamação do evangelho, o pároco apresentou os crismandos ao bispo, afirmando que depois de meses de encontros e várias formações, todos estavam aptos à receber o sacramento do Crisma. Dom José acolheu a todos e dirigiu breves palavras aos padrinhos e madrinhas, salientando a responsabilidades que eles têm de ajudar os crismandos a serem adultos na fé e colaboradores do reino como novos discípulos missionários.

“Madrinhas e padrinhos, recebendo estes jovens e adultos, como crismandos e afilhados, deveis ajuda-los para que assumam a responsabilidade de cristão adulto na fé, vocês provavelmente foram escolhidos porque são pessoas do bem, pessoas queridas e que são uma referência e um apoio para esses nossos irmãos que hoje recebem a plenitude do sacramento do batismo que é a Crisma, deste modo vocês estarão sendo colaboradores de cristo, assim como os afilhados e afilhadas de vocês. Que Deus os ajude” disse o bispo auxiliar. Depois da homilia realizada por Dom José, os crismandos acenderam suas velas no círio pascal e renovaram suas promessas no batismo. Após esse momento, deu-se início ao rito de unção com o óleo da crisma.

Era visível a alegria dos crismandos, padrinhos, madrinhas, amigos e familiares que também estavam presente prestigiando esse momento tão especial e esperado. Alguns estavam um pouco mais tímidos, outros um pouco mais sorridentes, mas após a benção e o abraço do bispo, finalizando o rito do sacramento, muitos mal conseguiam conter a emoção e lágrimas escorriam no rosto ao voltar para o lugar para o seu lugar. “Em um retiro que teve da catequese de adultos, eu percebi que eu não estava seguindo corretamente o meu batismo, senti que precisava colaborar mais com a minha comunidade. Senti o chamado do ‘ide e anunciai” e por isso estou aqui concluindo a minha crisma e mais essa etapa da minha caminhada cristã”, disse a crismada Elciene Oliveira.

Ao final da celebração, o pároco agradeceu a presença de todos e enfatizou que a caminhada não está finalizando e sim iniciando agora. “A nossa vida é um sacramento, mas para isso temos que fazer parte da vida em comunidade. Precisamos nos envolver para que realmente sejamos esse sacramento e possamos fazer a diferença, enquanto vida a gente estiver temos que participar ,porque a nossa caminhada não tem fim, por isso que Deus nos confia esse trabalho, para que seja anunciado, tanto na igreja missionária, quanto na igreja em saída, temos que dar o testemunho em todos lugares que fomos. Que Deus abençoe a vocês e aos nossos catequistas”, comentou padre Juvercindo.

A homilia do bispo                                                  

Em sua homilia, Dom José falou que é tempo de sermos testemunhas de Cristo, que é tempo de agir, que sozinhos nós somos fracos, mas juntos e acreditando na força do Espirito Santo, podemos transformar o mundo num lugar melhor, onde reine a paz, a justiça e diálogo entre tantas crenças que aqui existem, pois, se queremos fazer parte do rebanho Dele, temos que assumir a mesma proposta e assim, como Cristo veio para servir a humanidade, a nossa vida só pode ser cristã de verdade se nós também servimos a ele na pessoa do próximo, nosso irmão da comunidade, e para isso cada um tem que fazer a sua parte.

“Meus queridos vocês que estão sendo crismados hoje, estão recebendo a plenitude do Espírito Santo e recebem com isso a missão de ser testemunha de Cristo. Todos nós somos, mas quando a gente se apresenta à igreja e se prepara para esse sacramento, nós estamos nos colocando à disposição de ser novos evangelizadores, para dizer ao mundo inteiro que Cristo está vivo, Ele ressuscitou e está junto com cada coração que sonha com um mundo melhor. A celebração de hoje foi de envio de vocês para que vocês possam ajudar o mundo a conhecer Cristo, pois essa não é uma tarefa só dos padres, bispos e religiosos. Temos que sair da nossa zona de conforto e recuperar esse chamado de ser sal, luz e fermento no mundo”, disse Dom José.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

1 Comentário em "Dom José celebra o Crisma de 68 jovens e adultos da A.M. Monte das Oliveiras"

avatar
Maria das graças hayden de Oliveira
Visitante
Maria das graças hayden de Oliveira

Que esses crismados sejam luz e sal da terra, que sua fé cresça cada dia mais, que de entre eles saiam padres,freiras e missionários para levar o evangelho à todas as criaturas.