Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Missa da Santa Ceia com rito do Lava-pés reúne centenas de fiéis na Catedral

Na noite desta quinta-feira (29/03), foi realizada a tradicional missa do Lava-pés, que é um ritual litúrgico realizado durante a celebração da Santa Missa da Ceia do Senhor e que recorda a Última Ceia, quando Jesus, na noite em que foi traído, ofereceu ao Pai o Seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou aos apóstolos para que os tomassem, mandando-os também oferecer aos seus sucessores. A celebração começou às 18h na Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição (Igreja da Matriz), sendo presidida por Dom Sergio Castriani, Arcebispo Metropolitano de Manaus, concelebrada com o padre Hudson Ribeiro, pároco da Catedral. A Santa Missa do Lava-pés também demonstra o amor de Jesus por cada um de nós e transmite que a humildade e o serviço são o centro de Sua mensagem. 

A celebração começou com a procissão de entrada, tendo à frente as 12 pessoas que teriam seus pés lavados pelo Arcebispo que os acompanhava vindo logo atrás. Dessa vez, os escolhidos para participar do rito do lava-pés, que é o exemplo de serviço e doação que Jesus nos deixou, foram os agentes de diversas pastorais e movimentos que fazem parte da arquidiocese de Manaus, deixando muitos emocionados até mesmo antes de iniciar o rito. “Ano passado os escolhidos foram os próprios funcionários da Catedral, esse ano, quando eu soube que fui uma das escolhidas, fiquei tão emocionada que nem fui em casa para não correr o risco de me atrasar e só de pensar que o bispo vai lavar e beijar os meus pés, como Jesus fez, já é muita emoção”, disse Maria da Conceição Pereira, pertencente ao Apostolado de Oração da comunidade Cristo Rei da paróquia Nossa Senhora de Guadalupe – Pq. das Laranjeiras.

Durante a homilia, realizada pelo Pe. Hudson, ele enfatizou que a missa da santa ceia, marca a abertura do Tríduo Pascal, ou seja, é uma única celebração em três momentos diferentes, que tem por objetivo fazer memória de Jesus e não nos deixar esquecer quem somos nós. “Jesus quis celebrar a Páscoa com seus discípulos e pediu para que preparassem num lugar onde ele mesmo tinha escolhido, mas os discípulos não sabiam que aquela seria a última ceia. O gesto daquela noite é o que nós fazemos memória em cada missa que celebramos, que nos faz lembrar que somos anunciadores do ressuscitado e de tudo o que Ele fez, essa é a nossa identidade cristã. Assim se instituiu a eucaristia, o alimento que nos fortalece e nos aponta para a missão de amar e servir como Jesus nos ensinou, principalmente quando humildemente se inclinou para lavar os pés de seus discípulos”, disse o pároco.

E finalizou, comentando sobre a importância do amor para com o próximo. “Jesus se faz alimento, se parte e se reparte, do mesmo modo que podemos repartir o nosso amor olhando para o próximo como nosso irmão e não como nosso inimigo, amando e sendo amado como está no mandamento”, concluiu. Para Dom Sergio, a semana santa é tempo de resignação e jejum, não apenas de carne, mas também das coisas mais simples. “A eucaristia é o pão, o lava-pés é o serviço e a Semana Santa é a contemplação daquilo que é humano, a humanidade que em Jesus, sofreu, morreu e ressuscitou. É tempo de oração, de penitência e jejum, como por exemplo: desligar o celular um dia, pois jejum também é deixar de fazer alguma coisa supérflua e fazer o essencial”, comentou o arcebispo.

O Lava-pés

Com uma missa cheia de simbolismos, não há dúvidas que o momento mais marcante e esperado, foi quando Dom Sergio refez o ato de Jesus, lavando e beijando os pés dos agentes de pastoral, enquanto toda a assembleia que acompanhava atentamente ao rito. “Dom Sergio na sua humildade, refazendo esse momento tão importante, se abaixando para lavar e beijar nossos pés tão calejados e sofridos, demonstra toda a simplicidade de um pastor com todos nós. Participar desse momento foi a minha alegria, onde a gente pôde sentir a presença de Deus e do nosso pastor mais próximo de nós”, disse Walter Fernandes, que há 20 anos participa da Irmandade do Santíssimo



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



2 comments on “Missa da Santa Ceia com rito do Lava-pés reúne centenas de fiéis na Catedral”

  • Patricia Cabral disse:

    Uma linda celebração cheia de simbologias que nos faz refletir na pessoa de Jesus. Os diversos exemplos de humildade possível para um ser humano vivenciar sua fratenidade no dos outros. Amo minha igreja por vivenciar toda a vida de Jesus em sua liturgia e nos levar a uma espiritualidade encarnada na vida.

  • Isiane Chaves disse:

    Muito bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *