Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Segundo dia do Maranatha encerra com missa presidida por Dom Sergio

O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, presidiu na tarde desta segunda-feira (12/02), a missa de encerramento da programação do segundo dia da 25ª edição do Carnaval Católico Maranatha. O evento, que esse ano comemora o jubileu de prata, está sendo realizado no Centro de Convenções Vasco Vasques, localizado na Av. Constantino Nery, ao lado da Arena da Amazônia, iniciando às 8h e terminando às 18h, é organizado todos os anos pela comunidade Nova e Eterna Aliança. A santa missa foi concelebrada pelo padre Hercules que, ao final da celebração, foi empossado pelo arcebispo como orientador espiritual do movimento Terço dos Homens.

Segundo Theo Menezes, fundador e coordenador geral da Comunidade Nova e Eterna Aliança, esse ano o diferencial são os 25 anos de existência de um evento que têm a possibilidade de, durante três dias, propiciar uma folia diferente, onde a animação é centrada em Cristo e muitas benção são alcançadas. “Acredito que nos 25 anos do encontro Maranatha, Deus tem derramado uma benção toda especial, providenciando tudo de melhor, até mesmo o local, que foi de última hora. Vejo que tivemos uma participação maior do público, o ministério de música assim como os pregadores derramaram muita unção e, ao final do segundo dia, tivemos o privilégio de ter Dom Sergio conosco, celebrando e evangelizando com a graça de Deus”, disse Theo.

O tema desse ano do encontro é:  Vós sois o sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5 – 13, 16) e, de acordo com Theo, para que ocorra certo durante o evento, as articulações começam a ser feitas com meses de antecedência. “Geralmente a partir de junho começamos a programar o próximo encontro, com reunião mensais, contatando os pregadores e as pessoas que possam vir nos ajudar. Esse ano nós temos a alegria de ter o Terço dos Homens conosco, os irmãos da comunidade Filho Amado, os Jovens Sarados e o apoio de religiosos e leigos da arquidiocese que direta ou indiretamente estão dando apoio e participando, como o pe. Amarildo Luciano e os missionários que nos ajudam com as pregações tornando o encontro maravilhoso”, comentou o coordenador.

Alcemira Pereira, da Área Missionária Tancredo Neves, já participou de várias edições do Maranatha e para ela, a cada ano o evento se torna mais necessário, no sentido de realizar um carnaval diferente com muita paz e sem violência. “É necessário esse repensar, pois enquanto várias famílias perdem seus entes queridos nessa época, nós estamos aqui, tentando resgatar as famílias para Cristo. Acredito que esse evento é um chamado à um carnaval diferente, unindo todas as famílias com muito amor, espiritualidade, paz e tranquilidade no coração”, comentou a fiel emocionada.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *