Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Área Missionária São Lourenço celebra a posse de seu novo pároco pe. Amal Raj

Alegria e emoção marcaram a celebração da posse do novo padre da Área Missionária São Lourenço (AMSL), padre Amal Raj, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, na noite deste domingo (11/02) na igreja da comunidade São Paulo Apóstolo, localizada na rua 5, Conjunto Jardim Primavera – bairro Parque 10. A celebração também marcou a despedida do padre John Paul Arockiasamy que, após mais de quatro anos à frente da AMSL, parte para uma nova missão em Campo Grande, onde irá atuar como o novo Provincial da Congregação dos Missionários de Maria Imaculada (MMI).

A celebração começou pontualmente às 18h, com a igreja praticamente lotada de pessoas provenientes das cinco comunidades eclesiais que compõem a AMSL. A celebração seguiu seu rito normal e após a proclamação do evangelho realizado pelo diácono Luís Di Paula, Dom Sergio fez a homilia, destacando às leituras da Palavra e finalizou falando sobre a importância do padre dentro de uma comunidade. “Hoje estamos aqui para dar posse ao novo pároco, que tem a função de colocar as pessoas na comunidade, para serem sujeitos da história que não fiquem apenas apreciando e sim participando das atividades da igreja, sendo Sal da Terra e Luz do Mundo como diz o evangelho e o lema do Ano do Laicato”, disse o arcebispo.

Ao fim da homilia, a celebração continuou com a renovação das promessas sacerdotais, com o novo pároco sendo interrogado pelo arcebispo diante do público, após esse momento, foi realizada a leitura do decreto de nomeação e, em seguida, Dom Sergio realizou a entrega dos três instrumentos que o pároco recebe para desempenhar bem a sua missão: Estola e casula; a chave do sacrário; e o Evangelho, declarando assim empossado e apto para desempenhar suas funções de pároco.

“A estola é o símbolo do poder sacerdotal, que ele usa para ministrar os sacramentos da eucaristia, confissão e unção dos enfermos que ele é o responsável. A maior riqueza da igreja é a eucaristia que nós guardamos no sacrário para levarmos aos doentes e enfermos, e o padre é o responsável pela chave do sacrário, para que não falta nunca o pão consagrado na celebração eucarística. O padre é o homem de palavra e da Palavra, que vive e anuncia a Palavra de Deus, um instrumento que ele já recebeu pelo menos duas vezes antes, e hoje recebe novamente ao assumir como pároco”, explicou Dom Sergio.

Sobre o novo pároco e a AMSL

Pe. Amal Raj tem 33 anos e, assim como seu antecessor, também é indiano. Seu nome significa Rei Imaculado, mas apesar da majestade no nome, é uma pessoa muito simples, de olhar observador e sereno, que sempre recebe a todos com um sorriso largo e acolhedor. Chega para tomar posse de uma área missionária que possui um vigário (pe. Bala), dois diáconos permanentes, 13 Pastorais, sete movimentos, mais de 500 agentes de pastorais servindo aos mais diversos serviços, além de uma Pastoral da Comunicação (Pascom), firme e divulgando os eventos nas diversas redes sociais, como: site www.amsaolourenco.com.br, no Facebook, no Instagram, no WhatsApp, no Aplicativo, além do Jornal Informativo São Lourenço, este com 500 exemplares mensais.

“Saúdo ao querido arcebispo Dom Sergio Castriani, aos meus irmãos da congregação MMI, aos ministros e todos os meus irmãos da comunidade em Cristo Jesus. Essa noite início minha missão aqui na AMSL e queria dizer a vocês que a missão continua, o trabalho no reino de Deus não pode parar. Peço seu apoio, seu carinho, sua colaboração e nós juntos podemos com certeza continuar o trabalho que padre John fez na comunidade e assim trazer mais irmãos para conhecer Jesus Cristo e assim construir o reino de Deus”, disse pe. Amal, que veio da cidade de Araguari (MS), onde trabalhou durante cinco anos como pároco na paróquia de Santa Rita de Cássia.

Mensagem de despedida do pároco pe. John

Ao final da celebração, o que podemos ver foi uma mistura de emoções, pelos que chegam e pelos que vão. Após as boas vindas dadas pelo padre Amal, foi a vez de padre John Paul falar com seu rebanho fazendo um emocionante discurso de agradecimento e despedida.

“Nessa hora de despedida, em que estou tomado pela emoção, um forte sentimento invade o meu coração e faz-me lembrar toda minha caminhada desde o dia que cheguei a essa missão com o sentimento da gratidão.

Lembro-me do primeiro dia que cheguei a Manaus, 20 de novembro de 2013, com a missão de servir na AMSL junto com os padres Antônio e Joseph. A recepção inicial foi no aeroporto Eduardo Gomes por alguns líderes da AMSL – e eles nem nos reconheceram como padres por sermos jovens – estendida à casa paroquial com a presença de vários líderes e os bispos, Dom Sérgio Castriani e Dom Mário Antônio. Almoçamos juntos. Uma bela experiência de acolhida.

Com esta calorosa acolhida iniciamos a missão, e o desafio inicial foi entender a estrutura da AMSL. Fomos rezando e formando as pessoas. Nesse processo fui percebendo mais integração e a ideia de unidade. E já plantando no coração da gente a alegria de estarmos juntos.

Uma Igreja missionária precisa estar unida para evangelizar, e o lema: JUNTOS SOMOS MAIS foi a forma didática de ensinar a cada membro sua importância na evangelização. Criamos o “CESTO COMUM”: tudo que arrecadávamos era colocado em comum e as prioridades de cada comunidade foram sendo atendidas conforme a programação. Uma experiência de humildade, confiança e integração foi sendo fortalecida. E as comunidades foram crescendo juntas, já não existia a ideia de quem arrecada mais cresce mais, quem arrecada menos, cresce menos. Como uma família, fomos crescendo igualmente, pois todas as entradas das comunidades eram colocadas em comum e divido conforme as necessidades e prioridades da AMSL.

A parte administrativa foi fortalecida e as pastorais sendo organizadas, com um número maior de participantes, hoje em torno de 500 membros, e hoje todos juntos construindo o melhor caminho para a AMSL.

Quatro anos passaram muito rápido. Fui aprendendo com o povo e juntos fomos realizando a missão de Jesus. Quantas coisas bonitas realizamos juntos! Fico emocionado de rever essa caminhada de 4 anos com vocês nesta área.  A Graça de Deus esteve presente, pude sentir Sua Presença nas decisões, e em tudo que planejávamos, a Mão de Deus a nos guiar. A AMSL hoje ficou transformada e estou muito alegre por ter servido com todos. Peço que dediquem o mesmo carinho e cuidado que tiveram comigo ao novo padre. Agradeço a disponibilidade de todos os leigos e leigas que dedicam seu tempo e entusiasmo na missão.

Quero render graças a Deus pelos maravilhosos anos que me permitiu viver com vocês. Talvez vocês não façam ideia de como este tempo foi especial para mim. A AMSL viveu e viverá sempre no meu coração. Estou despedindo-me de todos vocês com o sentimento de ter cumprido a minha missão aqui; mas a missão continua.

Enfim, devo-lhes dizer: MUITO OBRIGADO! Que Deus lhes abençoe! Vocês fizeram um indigno servo de Jesus Cristo muito feliz!”

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *