Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Campanha da Fraternidade é apresentada à imprensa durante coletiva promovida pela Arquidiocese de Manaus

Na manhã desta segunda-feira (5/2), aconteceu a coletiva de imprensa sobre a Campanha da Fraternidade (CF), que neste ano vai trabalhar o tema “Fraternidade e a superação da violência”.  Na ocasião, o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani falou a respeito da importância em tratar esta temática numa época em que atos violentos são considerados normais pela sociedade e a vítima é responsabilizada pelo que sofreu.

“Esse ano vamos tratar da violência, não só a que todos vêem e é denunciada, mas principalmente aquela que acostumamos, que parece ser inevitável. Podemos ser um mundo não violento, ter atitudes não violentas, evitar sentimento de vingança que muitas vezes se confunde com justiça. É um desafio muito grande falar disso em um mundo que cultiva a cultura da violência, que mata o outro para ter aquilo que ele tem. Precisamos quebrar essa lógica e promover uma conversão pessoal, tocando o coração das pessoas para que busquem um mundo não violento”, afirmou o arcebispo de Manaus.

Padre Geraldo Bendaham, coordenador de Pastoral da Arquidiocese, destacou a programação de abertura que vai ocorrer dia 14 de fevereiro, às 8h30, na Praça da Matriz, e a formação geral agendada para os dias 15 e 16 de fevereiro no auditório do Colégio Dom Bosco. Em sua fala também destacou a importância de se trabalhar a cultura de paz na sociedade em que vivemos, alertando para a violência que está tão entranhada em nosso meio que é considerada natural. “A superação da violência ocorre mediante a superação da cultura da violência. Temos que acabar com a indiferença com nossos irmãos e dizer que não somo inimigos, mas sim irmãos que precisam construir a fraternidade”, destacou o padre.

E sobre a abertura deste ano, falou aos presentes sobre a programação “Vamos dar início à campanha, na quarta-feira, às 8h30, na parte inaugurada da Praça da Matriz. A programação inicia com uma peça teatral das meninas em situação de risco da Casa Mamãe Margarida, que vão demonstrar que é possível superar a violência, depois segue com música, a entrada da cruz, símbolo de reconciliação, superação e de amor, depois a distribuição de flores para simbolizar a nossa aliança com a paz e a fraternidade”, explicou padre Geraldo.

A presidente do Conselho de Leigos, Patrícia Cabral, também esteve presente por ser responsável por organizar as diversas formações sobre a Campanha e elencou as atividades já realizas nas diversas comunidades e organismos em Manaus e no interior do Amazonas, com destaque para a grande procura por formações. “O ano do laicato nos traz o pedido de que a gente possa ser sal da terra e luz do mundo, não somente na Igreja, mas dentro do espaço da sociedade e a gente precisa aumentar o nosso conhecimento e ocupar os espaço que são de direito dos leigos, para fazer questionamentos que ajudem em políticas públicas para que não tenhamos mais tanta violência e tanta falta de direitos. As formações faz com que haja esse conhecimento para os nosso leigos para que possamos realmente mostrar que é possível fazer pequenas mudanças e transformações dentro da sociedade”, explicou Patrícia.

Objetivos da CF

A campanha tem por objetivo construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência. Ela também vem trabalhar o lema “Vós sois todos irmãos” visando o resgate pelo o sentido da Fraternidade dos povos somos todos irmãos e irmãs filhos e filhas de um mesmo Pai por isso iluminados pelo Evangelho do Reino somos chamados a não praticar e nem aceitar a violência, seja ela de morte, de abuso de poder, de descarte da pessoa, de quebra das relações de confiança, de desagregação da família, de ganância e corrupção, de marginalização da infância e da adolescência.



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar