Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Cardeal Dom Odilo Sherer visita a Arquidiocese de Manaus

A Arquidiocese de Manaus recebeu nos dias 19 e 20 de janeiro a visita do Cardeal Dom Odilo Pedro Sherer, arcebispo metropolitano de São Paulo. Escolheu passar parte de suas férias visitando o Amazonas, sendo 10 dias na Diocese do Alto Solimões, onde pode desacelerar da correria de São Paulo e conhecer a realidade local, e esteve dois dias em Manaus, quando, na sexta-feira (19/1), visitou a Comunidade Aliança de Misericórdia e presidiu a missa com o encerramento da novena em honra a São Sebastião, no centro da cidade; e no sábado (20/1) visitou as instalações da Rádio Rio Mar, onde concedeu uma entrevista exclusiva ao Programa Arquidiocese em Notícias.

“Foi uma alegria estar com vocês! Estou vindo da Diocese do Alto Solimões, da Fronteira entre Peru e Colômbia, onde por toda parte havia novena de São Sebastião, um santo muito querido aqui na Amazônia, e eu pude estar no encerramento da novena aqui em Manaus. De férias, a gente sai do ambiente de trabalho, da correria do dia a dia e aproveita para visitar uma região de grande interesse para a nossa igreja em São Paulo, pois temos um projeto de ajuda missionária para a Região Amazônica, o Projeto Sul 1 / Norte 1 da CNBB. Por outro lado, a Arquidiocese de São Paulo também tem presença missionária em mais de uma parte aqui na Amazônia”, comentou Dom Odilo.

Para o Cardeal, nada melhor do que ir pessoalmente aos lugares para conhecer e perceber a situação, ter um conhecimento mais próximo da realidade do povo e da missão da igreja naquela região. “Eu não tinha ido ainda da Diocese do Alto Solimões, mas não é a primeira vez na Amazônia. Hoje o mundo inteiro está preocupado e torcendo para que a Amazônia, no seu conjunto seja cuidada, preservada. A missão requer, muitas vezes sacrifícios que os nossos missionários já estão oferecendo, muitas vezes no desconforto, nas poucas condições de cuidado com a saúde, do ritmo lento dos trabalhos, pois as coisas tem que acontecer no ritmo da natureza, das águas, e portanto, para mim foi importante ter ido àquela região para a gente ver de perto, conhecer de perto a realidade e não simplesmente avaliar de longe, à distância, mas sentindo de perto a realidade”, destacou o Cardeal.

 



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar