Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Cáritas abre processo seletivo de profissionais para o projeto com refugiados em 2018

A Cáritas Arquidiocesana de Manaus (CAM) está selecionando Assistente Social, Advogado, Monitor Social e Assistente Administrativo para a prestação de serviço no projeto em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados – ACNUR no ano de 2018.  Os interessados deverão enviar currículo para o e-mail caritasarquimanaus@gmail.com até o dia 3 de janeiro de 2018.

Confira os requisitos necessários para cada profissional:

1 – Assistente Social

Requisitos: ter experiência no Terceiro Setor; atuar na área de Defesa dos Direitos Humanos e Direito Internacional Migratório; ter conhecimento da Lei 9.474 de 22 de julho de 1997 sobre Refúgio no Brasil; sobre a Nova Lei de Migração nº 13.445/ maio de 2017 e sobre a Política do Comitê Nacional para Refugiados – CONARE; ter conhecimento do funcionamento da “REDE” do Município, Estado e Governo Federal para refugiados e solicitantes de refúgio; espanhol intermediário; bons conhecimentos do Pacote Office e internet; disponibilidade para trabalhar no horário das 8h às 14 (segunda a sexta) e para acompanhamento de casos in loco; capacidade analítica e senso crítico; organização; planejamento e comprometimento para realizar atendimento individual, reuniões com refugiados e solicitantes de refugio, organizar palestras, realizar encaminhamentos para instituições da área da saúde e educação, participar de atividades, seminários, encontros e eventos assemelhados sobre assuntos que envolvam situações inerentes a temática do refugio, entre outras atividades.

2 – Advogado

Requisitos: ter experiência no Terceiro Setor; atuar na área de Defesa dos Direitos Humanos e Direito Internacional Migratório; compreender a Lei 9.474 de 22 de julho de 1997 sobre Refúgio no Brasil e a Nova Lei de Migração nº 13.445/ maio de 2017; assistir juridicamente casos de racismo, xenofobia e exploração da força de trabalho; interagir com o Ministério Público Federal – MPF, Polícia Federal, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania – SEJUSC, representantes da sociedade civil e demais órgãos públicos para a proteção e defesa dos direitos individuais; ter conhecimento avançado de espanhol, o inglês é um diferencial; bons conhecimentos do Pacote Office e internet; disponibilidade para trabalhar no horário das 8h às 14 (segunda a sexta) e para acompanhamento de casos in loco; capacidade analítica e senso crítico; organização; planejamento e comprometimento.

3 – Monitor Social

Requisitos: ter experiência no Terceiro Setor; conhecimento avançado de espanhol; bons conhecimentos do Pacote Office e internet; disponibilidade para trabalhar no horário das 8h às 17h (segunda a sexta); realizar visitas domiciliares e relatórios para avaliação, orientação e acompanhamento; organizar encontros de integração; participar de reuniões sistemáticas de planejamento de atividades e avaliação; acompanhar as atividades de capacitação (ou formação continuada); participar de reuniões internas e externas para discussão de casos que envolvam refugiados e solicitantes de refugio; distribuir e controlar material de fomento, controlar e registrar as atividades; preparar o material para produção de artesanato (compra de insumo e distribuição nas casas); identificar aptidões laborais de indivíduos e grupos.

4 – Assistente Administrativo

Requisitos: Ter experiência no Terceiro Setor; conhecimento básico de espanhol e inglês; disponibilidade de tempo para trabalhar no horário das 8h às 17h (segunda a sexta); ter bons conhecimentos do Pacote Office e internet; ser proativo; ter conhecimento e capacidade analítica para prever e solicitar os recursos financeiros a serem repassados aos atendidos pelo projeto; preencher devidamente as planilhas de prestação de contas; recolher e organizar as notas de prestação de contas; participar das reuniões sobre o desenvolvimento do projeto; realizar levantamento de recursos e orçamentos, visando mapear as compras referentes ao projeto; controlar e preencher as planilhas do Fundo de Manejo (Caixa); preencher relatórios financeiros; ter senso crítico; organização; planejamento e comprometimento.



Por: Cáritas Arquidiocesena de Manaus



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *