Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Aleam concede título de cidadão amazonense ao padre diocesano Mauro Cleto

Mais um membro da Igreja Católica de Manaus foi homenageado na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), com o título de Cidadão do Amazonas, na manhã do dia 28 de novembro de 2017, através da propositura do deputado estadual Serafim Corrêa. O padre Mauro Cleto Ferreira da Costa, é cearense, nascido em Limoeiro do Norte, e mudou-se para Manaus na década de 70, há mais de 30 anos aqui entrou para o Clero Arquidiocesano, ingressando no Seminário São José aos 18 anos.

 

Sobre o padre Mauro

Sua vocação sacerdotal nasceu de uma experiência de vida familiar. É o mais novo nascido em 4 maio de 1963, em Limoeiro do Norte, no Ceará. Desde cedo repetia em sua casa partes de uma missa e na adolescência já participava das atividades na comunidade católica de onde residia. Veio para Manaus aos 15 anos e residiu no bairro Morro da Liberdade. Foi para o grupo vocacional aos 18 anos e após 6 meses foi para o Seminário São José. Fez experiências pastorais no Coroado, acompanhou atividades de evangelização em escolas e na universidade. Foi ordenado padre em 8 de dezembro de 1989, por Dom Clóvis Frainer. Fez curso para formadores pela CNBB e ficou responsável pelo seminário de filosofia, localizado no bairro São Lázaro e também foi pároco da Paróquia São Lázaro, por quatro anos. Depois foi para o bairro Alvorada 3, onde ficou 6 anos e meio, atuando em sete comunidades, com mais de 600 jovens; depois, em 2001, ficou um ano nas paróquias Sagrado Coração de Jesus e Santa Luzia. Também foi pároco na Área Missionária Sagrada Família, no Japiim, onde ficou mais de 6 anos, esteve por 8 anos na Paróquia Nossa Senhora das Graças, localizada no Beco do Macedo, e há 10 meses assumiu a Paróquia Nossa Senhora dos Remédios.

Também foi Chanceler da Cúria Metropolitana por 15 anos, foi responsável pela reunião do clero e pelo sítio dos padres. E há Padre Mauro sabe que não possui nada, é um servo de Deus a disposição da missão, desprendido como devem ser todos os sacerdotes, pois a vocação é um dom e deve-se viver um dia de cada vez, conforme Deus providencia e permite viver. Outro ponto marcante do pároco é o grande amor que tem por Nossa Senhora, uma devoção intensa à Maria, especialmente Nossa Senhora de Fátima, que foi a primeira que adentrou sua casa, na sua infância.

 

 

      



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

1 Comentário em "Aleam concede título de cidadão amazonense ao padre diocesano Mauro Cleto"

avatar
Geórgia Suely Abreu Porto
Visitante

Parabéns Padre Mauro, que Deus o abençoe abundantemente! Que Nossa Senhora da Imaculada Conceição o cubra com Seu Manto Sagrado! Obrigada por suas orações!

wpDiscuz