Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Paróquia N. Sra. das Graças encerra festejos da padroeira com procissão e missa campal

Aproximadamente 3 mil fiéis, vindos de todas os locais da cidade, participaram da procissão e missa que marcaram o encerramento dos festejos em honra à N. Sra. das Graças. A procissão teve início por volta das 17h20 desta segunda-feira (27/11), partindo da paróquia N. Sra. das Graças, com os devotos caminhando, orando e cantando pelas principais ruas do bairro, até chegarem à Rua Brasil, onde toda uma estrutura estava montada e aguardando somente os fiéis para participarem da missa campal, presidida pelo bispo auxiliar Dom Tadeu Canavarros, concelebrada pelo pároco padre Paulo Cesar Ferreira e pelos padres Leudo Santos e Antônio José.

A abertura dos festejos começou no dia 17/11, com o novenário trazendo cada dia um tema diferente, mas todos com o foco em Maria, tendo como responsáveis uma paróquia convidada, trazendo seu pároco e equipes litúrgicas para homenagear Nossa Senhora. “Desde o dia 17, chegava na Igreja as 16h para garantir o lugar da minha mãe. Foram dias de muita oração e todo o esforço valeu à pena, pelas orações e até mesmo de novas amizades. Nesses dias todos passamos por várias tribulações e a novena era um bálsamo para nossos corações. Quando termina, sentimos saudades de todo esse movimento”, comentou Rosalice Mello, devota da santa e moradora do bairro.

Aparecida Oliveira, também tem uma opinião semelhante com relação aos festejos. “Festejamos nossa Mãe Maria, N. Sra das Graças, em uma plena harmonia espiritual, e com autêntico sentimento e espírito cristão, demonstrado por toda a comunidade. As celebrações durante todo o novenário, foram bem organizadas, foram dez dias de bênçãos divinas, as comunidades envolvidas foram bem recebidas e proporcionaram um show solene e emocionante que transcendeu a rotina das celebrações em dias normais. Foi maravilhosa todas as noites uma verdadeira entrega espiritual em comunhão com nossa Mãe e seu Filho Jesus”, disse a devota emocionada.

Na programação do encerramento, além da procissão e missa campal, a comunidade também participou da alvorada, tendo início as 5h, seguido de um café partilhado. As 12h teve a queima de fogos pelas ruas do bairro e, as 16h30, com a igreja lotada, aconteceu um dos momentos mais esperados por todos os devotos, a benção das medalhas da padroeira realizada pelo padre Paulo. “Ele está resgatando a autoestima dos paroquianos que estavam afastados da Igreja, durante o novenário. Ele está realizando um grande resgate espiritual nas pessoas que andavam desacreditados da nossa Igreja. Todos estão apaixonados por ele que é realmente um autêntico servidor de Cristo”, completou dona Aparecida a respeito do pároco.

Para padre Paulo, em seu primeiro ano à frente dos festejos, a celebração foi emocionante e participativa. “Podemos definir as festividades em: antes durante e depois. O antes foram as visitas nas casas, escolas, hospitais e condomínios, como forma de cativar o povo ao retorno à comunidade e fazer do novenário, um verdadeiro templo de festa. Durante o novenário tivemos a oportunidade de contar com a participação de outros padres e paróquias, e foi bonito de ver o número de participantes aumentando a cada noite. E hoje, com esse grande número de pessoas, fizemos uma festa emocionante e vimos como cada um tem a sua maneira de dizer o quanto ama Maria, fazendo a sua manifestação de carinho, seja enfeitando as casas, distribuindo água ou ajudando na organização da missa”, comentou o pároco.

As palavras do bispo

“Celebrando hoje, a festa de N.Sra das Graças, nos contemplamos a imagem de alguém como ela, a mulher que caminha conosco e nos ajuda na luta contra as forças do mal, que se apresenta sobre muitas realidades que leva sempre à morte, mas sempre podemos recorrer àquela que é cheia de Graças e mediadora, que nos oferece aquilo que tem de melhor para vencer o mal, ela oferece o seu filho Jesus Cristo e nos indica Cristo para sermos, assim como ela, fiel discípulo, porque Nele encontramos toda a razão da nossa alegria” disse Dom Tadeu na abertura de sua homilia.

E continuou: “Maria disse: o Senhor fez em mim maravilhas. Por isso infinitas Graças nós realizamos e alcançamos em nossa vida porque ela se faz próximo e caminha conosco, que sempre se apresenta disposta a ajudar. Maria nos ensina também, a olhar para o outro, sobretudo para àqueles que compartilhamos nossa vida. Ela não hesita em atender ao próximo que tem pressa de conhecer Jesus e necessita de Deus. Que na celebração de hoje, possamos cada vez mais em nossa vida, vê-la como sinal da Graça de Deus e proclamar essa certeza que ela está muito perto de nós, como toda mãe de se fazer muito perto do filho em qualquer circunstância”, finalizou o bispo.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

1 Comentário em "Paróquia N. Sra. das Graças encerra festejos da padroeira com procissão e missa campal"

avatar
salete_kate22@hotmail.com
Visitante

A comunidade agradece a divulgação de um acintevimento tao importante para a nossa comunidade e agradávelco muito ao Pe.Paulo nosso paroco que nos priporcionou 10 dias de pura espiritualidade.

wpDiscuz