Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom Sergio, realiza inauguração da capela da casa das irmãs pertencentes à Fraternidade o Caminho

Na noite desta terça-feira (7/11), o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, realizou a inauguração da capela da casa das irmãs pertencentes à Fraternidade O Caminho, localizada na rua São Paulo, 131, bairro Zumbi II. A solenidade teve inicio as 19h, com a santa missa presidida pelo arcebispo na igreja da comunidade Nossa Senhora da Esperança, que faz parte da Área Missionária Santos Mártires, setor São José Leste.

A celebração contou com a presença de religiosos e leigos, que vieram prestigiar esse momento tão aguardado pela irmãs. Após a celebração, todos saíram em procissão, fazendo uma rápida caminhada até a casa das irmãs, que fica na mesma rua da igreja. Ao chegar na pequena, mas aconchegante capela, Dom Sergio aspergiu água benta no local e nas pessoas presentes, depois ungiu o altar com o óleo santo e fez uma breve oração. “O altar representa o próprio Cristo e este é um bonito local de oração, onde Deus vai abençoar o nosso trabalho”, disse Dom Sergio.

Segundo Irmã Humilles, uma das responsáveis pela casa, antes da capela as orações eram realizadas num cômodo improvisado da casa e após um ano e meio de construção, com a ajuda dos benfeitores, a capela enfim ficou pronta. “Agradecemos aos nossos benfeitores e amigos que nos ajudaram na construção da capela que é o nosso local onde realizamos nossas laudes (orações matutinas) e onde fazemos a adoração do Santíssimo das 12h as 15h, de segunda à quinta-feira. As vezes convidamos um sacerdote para celebrar aqui conosco”, explicou a irmã.

Fora as orações em casa, as irmãs também realizam visitas às famílias levando comunhão aos enfermos, além do trabalho realizado na pastoral de rua. “Aqui em casa moramos cinco irmãs que fazemos um trabalho de acompanhamento às famílias da periferia, onde distribuímos a comunhão aos doentes e às quartas-feiras, atuamos na pastoral de rua com os pobres e fazendo um trabalho com as mulheres que chamamos de “Madalena”, que são as que se encontram em situação de prostituição. Fazemos esse trabalho em toda a Área Missionária atuando com os Salesianos e com as Irmãs Carmelitas também”, disse Irmã Humilles.

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz