Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom Sergio celebra o crisma na Área Missionária Santa Maria do Rio Negro

Na manhã de domingo (29/10), Dom Sergio Castriani, Arcebispo de Manaus, celebrou, na área missionária Santa Maria do Rio Negro, o Crisma em 48 jovens e adultos.

“Ser como Jesus foi, ser outro Cristo é ser ungido no Santuário do Crisma dispostos a serem bons e seguir o Evangelho. E ao receberam o Sacramento do Crisma, vocês confirmarão serem filhos de Deus, membros da Igreja, e a partir de hoje passam a ser testemunhos de Jesus, sem vergonha de serem católicos e de rezar, pois anunciam o seu amor por Jesus”, disse Dom Sergio durante a homilia.
Os jovens e adultos crismados são de seis comunidades – Arara, Jaraqui, Santa Maria, Pagodão, Solimõeszinho e Chita. “Geralmente a preparação da iniciação cristã, na zona urbana é de oito meses, mas na zona rural, nas comunidades ribeirinhas, leva-se mais tempo por causa da distancia e do numero de catequizandos”, disse J. Negreiros, coordenador da área missionária do Santuário Arquidiocesano São José Operário.

Entre os 48 crismados, a família Melo Maia, em especial, encheu-se de alegria, pois além de Tereza de 80 anos, oito netos seus também receberam o Sacramento – Francinara (13), Tainá e Alessandro (14), Elessania (15), Adria (17), Wellington e Seilania (18) e Theimerson (20).

“Hoje é um dia muito especial para mim, pois recebo uma graça. Sempre quis receber o Crisma, mais a vida não me permitiu e graças aos meus netos, que me trouxeram para estudar, eu pude hoje concretizar esse sonho”, disse Tereza Maia.

Para a neta caçula de Tereza Maia, Francinara, o dia era de felicidade imensa “Hoje estamos radiantes por termos sido crismados. Não acreditava que um dia poderia ver minha avó sendo crismada junto comigo, meus irmãos e primos. No início nós a incentivamos, mas no decorrer da catequese foi ela quem nos manteve sempre juntos”, falou emocionada.

“A partir de hoje vocês fazem parte do time de Jesus Cristo, e antes que o mal os atinja é preciso fazer um gol e sempre dar ouvidos a Jesus, nosso grande amigo e mestre”, disse o assessor da área missionária ao final da celebração, após os agradecimentos em nome do padre João Benedito Cunha, pároco do Santuário São José.

Localizada a cerca de 1h30 de barco voadeira ou 6h de barco de recreio, de Manaus, a área missionária Santa Maria do Rio Negro está localizada a margem esquerda do Rio Negro, e tem cerca de 500 habitantes.

 

Texto e fotos: Vívian Marler – Pascom Santuário Arquidiocesano São José Operário

 


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz