Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Dom Tadeu celebra rito de dedicação do altar da Comunidade Jesus Divino Mestre

O bispo auxiliar de Manaus, Dom Tadeu Canavarro, presidiu na noite desta quarta-feira (25/10), uma celebração toda especial na Área Missionária Maria Imaculada, onde realizou a Consagração do Altar da igreja da Comunidade Jesus Divino Mestre, localizada na rua São José, n° 10 – Tancredo Neves. Concelebrando ao lado de Dom Tadeu, esteve o pároco padre Fernando Antônio dos Santos Medeiros, que assim como a comunidade, não escondia a alegria e emoção de ter um bispo presente realizando o rito de dedicação no dia de Santo Antônio de Sant´Ana Galvão, também conhecido como “Frei Galvão”, o primeiro santo brasileiro, além de ser também o primeiro “rito de dedicação” realizado por Dom Tadeu.

“Hoje a nossa Área Missionária está em festa, principalmente a comunidade Jesus Divino Mestre, onde Dom Tadeu veio consagrar o altar de dedicação à Jesus Cristo nesse momento impar e muito importante para a nossa área e que também marca a primeira consagração de altar feita por Dom Tadeu como ele mesmo salientou. Para nós é uma grande festa que podemos contar com a participação dos comunitários das nove comunidades que compõe a Área, que se fizeram presente em peso e, no próximo mês, teremos mais duas comunidades que faremos a dedicação do altar também, uma com Dom Sergio, dia 9/11 na Comunidade Santa Mônica, e a outra novamente com Dom Tadeu, dia 24/11 na comunidade Divino Espírito Santo”, comentou pe. Fernando.

“O Altar é o centro das nossas celebrações. É o próprio Cristo Jesus, pois o altar significa Jesus, o sacerdote, a oferenda e o próprio altar. É o local onde Ele nos confia seu corpo e seu sangue, que renovamos todas as vezes na eucaristia e relembramos a Sua Paixão, o Seu Sacrifício, Morte e Ressurreição que se dá exatamente no Altar. Lugar onde o Senhor não só nos dá a sua vida, mas também perdoa os nossos pecados, ou seja, nos chama a viver na graça, na vida em Deus novamente. O altar é o que faz com que a igreja se torne esse espaço de celebração que se reviste de divindade quando dedicamos o Altar à Deus, nosso Pai”, comentou Dom Tadeu durante a sua homilia antes de iniciar o rito de dedicação.

Rito de dedicação

Feito a procissão de entrada e a benção inicial do bispo para a assembleia, a primeira coisa que o bispo realiza na celebração é a benção da água para aspergir sobre o povo (percorrendo toda igreja), em sinal de penitência e lembrança do batismo. Finaliza esse momento aspergindo sobre o altar. A prece de dedicação e unção do altar inicia-se logo depois da liturgia da palavra, com as leituras do dia, do evangelho e homilia do bispo.

Nesta etapa canta-se a ladainha dos santos e, em seguida, se houver relíquias de Mártires ou de outros santos, depositam-se sob o altar. Depois, o bispo em pé, junto ao altar, sem a mitra e de mãos estendidas, faz em voz alta a prece de dedicação. Terminada a prece, o bispo derrama o óleo do santo crisma no meio do altar e em seus quatro cantos e depois começa a ungir e mesa inteira. Após esse momento é queimado o incenso sobre o altar e a fumaça que sobe para o céu é sinal das nossas orações, da nossa vida que se oferece a Deus.



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

1 Comentário em "Dom Tadeu celebra rito de dedicação do altar da Comunidade Jesus Divino Mestre"

avatar
Isiane Chaves
Visitante

Lindo! Parabéns!

wpDiscuz