Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Os Manaós, Primeiros Moradores da Cidade de Manaus

Celebra-se hoje 348 anos da cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas.

O nome é uma homenagem a tribo indígena os Manáos (ou manaú) que habitavam a região onde está localizado a cidade aniversariante. A nossa homenagem aos primeiros moradores desta região, nossos irmãos indígenas que foram eliminados e mortos pelos colonizadores. Segundo historiadores, estes indígenas faziam parte do grupo aruaque. Um dos líderes muito importante desta tribo que resistiu a invasão portuguesa foi o indígena Ajuricaba. A cidade ainda está devendo uma justa homenagem a este guerreiro que defendia a Amazônia dos invasores europeus.
Você sabia que o cemitério dos indígenas ficava localizado no centro da cidade de Manaus, exatamente na praça Dom Pedro, em frente ao Paço da Liberdade, prédio onde foi o Palácio Provincial de Manaus, hoje conhecido como prédio da antigo da prefeitura. Pois é, para eliminar a memória dos indígenas, primeiros moradores de Manaus, destruíram seu cemitério e mexeram em suas sepulturas e urnas. Até hoje os índios são tratados com desconfiança e preconceito pela cidade que esquece seu passado.

Hoje o local serve de festa promovido pela atual prefeitura, porém para os indígenas o espaço é sagrado porque neste local, foram enterrados seus parentes, os primeiros moradores de Manaus. Estes merecem nosso respeito e homenagem eternamente.

Através da arqueologia e antropologia, hoje se tenta recuperar a memória dos primeiros moradores da cidade de Manaus, os Manáos, preservando suas urnas funerárias e objetos da cultura indígena encontrados. Mas parece que as pesquisas estão a passos lentos.

Se passaram 348 anos e a cidade continua a crescendo em número de habitantes, assim como os problemas sociais. Uma cidade quase ingovernável. Passou por várias metamorfose urbana e neste processo de mudança os principais atores são as pessoas que formam esta cidade, seja elas pobres ou ricas, todos tem papel enorme, sobretudo, em melhorar o relacionamento humano da cidade.

É bonito não esquecer nossas origens, principalmente os indígenas e suas culturas, ou será se é cultura somente o que veio da Europa, como Belle Époque histórica? Ou será se temos vergonha dos primeiros moradores indígenas, de sua língua, cantos, ritos e modo de viver?

Nossa homenagem aos primeiros moradores desta cidade que do encontro cultural violento com os colonizadores, ainda resistem em manter sua memória viva, mesmo que seja apenas seu cemitério encoberto e escondido pela cidade. Esperamos uma cidade melhor para todos, onde ninguém seja anônimo, esquecido pelas estradas, ruas, sem casa, ou sem comida.

Que haja oportunidades para todos os filhos de Manaus e os que fizeram desta cidade a sua casa.



Por: Ana Paula Gioia Lourenço

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

1 Comentário em "Os Manaós, Primeiros Moradores da Cidade de Manaus"

avatar
Professor Bibiano Garcia
Visitante

Uma das mais belas homenagens dedicadas ao Povo de nossa cidade. Obrigado padre Geraldo.

wpDiscuz