Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Palestras, trabalho em grupo e momento cultural marcam o segundo dia do encontro da Pastoral da Saúde

A primeira Formação de Multiplicadores de Motivação e Articulação realizada pela Pastoral da Saúde Arquidiocesana, que reuniu agentes de pastoral da Arquidiocese de Manaus e de outras diocese do Regional Norte 1 – CNBB, no Centro de Formação da Arquidiocese de Manaus (Cefam), desde a noite do dia 20 de outubro, deu continuidade às atividades  no sábado (21/10) com palestras, grupo de trabalho e momento cultural, contando com a participação dos integrantes da Coordenação da Pastoral de Saúde Nacional e do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castriani, que se pronunciou agradecendo a todos os agentes pelo importante trabalho que realizam junto aos enfermos, pois seguem o ensinamento de Cristo no cuidado aos doentes.

Dom Roberto Francisco Paz, bispo referencial da Pastoral da Saúde, pela CNBB, iniciou o ciclo de palestras falando sobre a Conjuntura Eclesial Atual da Pastoral da Saúde. “Nós estamos aqui para defender o reino, defender a vida, defender o povo, para isso precisamos de espiritualidade para aguentar o trampo diante das situações desafiadoras, por isso necessitamos de uma pastoral profética, esperançosa, animadora”, disse o bispo. Na sequencia o Pe. Renato Prado, palestrou sobre a Dimensão Solidária – Assistência Religiosa ao Doente no Aspecto Bíblico e Psicológico.

Após o intervalo, as atividades retornaram trazendo para estudo a dimensão comunitária da pastoral em dois aspectos: A promoção, educação e campanhas, realizada por Alex Motta, coordenador nacional da Pastoral da Saúde; e Projeto da Farmácia Comunitária, tema ministrado pela Ir. Rosangela. A terceira e última dimensão foi abordada logo após o almoço, realizada por Antônio Pitol, vice-coordenador nacional da Pastoral da Saúde, que falou sobre Dimensão Político Institucional – Direito, Ética, Humanização no Controle Social. Na sequência foi a vez do Dr. Arlindo Gonçalves complementar o assunto ao falar sobre Defensoria Pública da Saúde.

Entre uma formação e outra, sempre tinha o intervalo para as refeições e dessa vez a pausa foi para reforçar os ânimos com a merenda da tarde, na volta para o auditório, o próximo tema foi Planejamento Organizacional, abordado pela formadora Marlene Salette, agente da pastoral vindo diretamente de Porto Velho, que explicou a importância de se planejar desde uma simples visita à um doente, até uma evento de médio e grande porte, encerrando com uma dinâmica de grupo, cuja a principal mensagem deixada foi a importância de se saber “pensar fora da caixinha”, de não ficarmos presos a velhos hábitos e opiniões formadas.

Depois os participantes foram divididos em grupos, para discutir a possibilidade de melhora da pastoral da saúde nas três dimensões: solidária (visitação), comunitária (prevenção) e política (participação das conferencias e conselhos de saúde). “Com esse trabalho em grupo, queremos analisar as possibilidades de melhoras e também as fragilidades, pois, em cima dessas apresentações vamos construir uma síntese que vai indicar encaminhamentos que a gente pode adotar como proposta de ação daqui para frente”, comentou Antônio Pitol, responsável por fazer o relatório final com base nos posicionamentos colocados por cada grupo.

Encerradas as atividades em grupo, foi realizado o sorteio de brindes entre os participantes do encontro que recebiam sua lembrança das mãos de algum membro da equipe da coordenação nacional da pastoral da saúde e, para finalizar o dia, foi realizado o momento cultural, com a apresentação musical de Paulinho Viana, levantador de toadas oficial da marujada de guerra Manaus, trazendo as melhores toadas dos bois Caprichoso e Garantido. “Vim com muito carinho contribuir para esse evento maravilhoso da pastoral, com toadas do boi azul e do vermelho, trazendo um pouco da cultura do nosso estado”, disse o cantor.

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

2 Comentários em "Palestras, trabalho em grupo e momento cultural marcam o segundo dia do encontro da Pastoral da Saúde"

avatar
Isiane Chaves
Visitante

Muito lindo! Parabéns!

Patricia Cabral
Visitante

Parabéns a Pastoral da Saúde por proporcionar um seminário tão lindo e rico de informações e também por mostrar que enquanto pastorais precisamos ter um olhar transformador sobre as políticas públicas referente à saúde pública que tanto tem sofrimento pelo descaso do governo. Quanto mais informações tivermos mais chances temos de lutar por nossos direitos e proporcionar uma vida digna aos mais necessitados.
Parabéns a assessoria de comunicação pela bela cobertura do seminário nos proporcionando principalmente aos que não poderiam estar informações valiosíssima desta atividade.

wpDiscuz