Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

V Congresso de Movimentos Eclesiais reúne representantes de 30 comunidades de vida da Arquidiocese de Manaus

Cerca de 480 pessoas, vindas de 30 comunidades de vida e movimentos eclesiais da Arquidiocese de Manaus, lotaram o auditório do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, onde ficaram reunidos no decorrer deste domingo (1/10) para participar do V Congresso de Movimentos Eclesiais, que esse ano trouxe como tema “Maria mãe e mestra da igreja” e lema “Maria modelo de fé”. Na programação estava incluída momentos de confraternização, louvor, palestras, oração, finalizando com a celebração eucarística presidida pelo bispo auxiliar, Dom Tadeu Canavarros.

Além de muita oração, o evento também proporcionou vários momentos de comunhão entre os grupos, que juntos ouviram as palestras dos padres Inácio Raposo (pároco e reitor do Santuário N. Sra. Aparecida) que falou sobre “Maria Mãe de Deus e Virgindade de Maria” e pe. Mário Missiato, do PIME, que de forma bem extrovertida, conversou com os participantes sobre “Imaculada Conceição e Assunção de Maria”, fechando as atividades no período matutino. “Por ser um ano mariano, Dom Sergio nos incentivou para que a temática desse congresso fosse sobre Maria, com o objetivo gerar uma maior integração dos movimentos e uma maior compreensão da Virgem Maria”, explicou Cleide Montresol, secretária dos Movimentos Eclesiais e Comunidades de Vida (M.E.C.V).

Após o almoço, realizado nas próprias dependências do colégio, todos retornaram ao auditório onde depois de um momento de animação e louvor, cada comunidade, grupo ou movimento, puderam falar um pouco sobre o seu carisma e trabalho de evangelização. “A nossa igreja é uma igreja Mariana, e os movimentos eclesiais são frutos do Espírito Santo pois possuem santidade de vida, comunhão com a igreja, missionariedade e atenção aos pobres. Não é um todo lugar que temos o que vemos aqui, esse clima de confraternização, comunhão e fraternidade entre os 30 movimentos e é muito bom estar aqui e ver a caminhada de cada um, bom encontro a todos”, disse Dom Sergio Castriani, antes dos grupos começarem a se apresentar. “É uma maravilha poder participar desse encontro, reunindo as mais diversas expressões da igreja de Manaus. Rezamos todos os dias por vocês e peço que façam o mesmo por nós. Deus abençoe a todos”, completou Dom José, bispo auxiliar.

Logo na sequência, os movimentos começaram a se apresentar, cada um tinha apenas quatro minutos para se expressar, quando algum passava um pouco do tempo, a assembleia lembrava por meio de “palmas carinhosas” e sem desrespeitar ninguém. Em cima do palco, os grupos aproveitaram a oportunidade para falar não só sobre a relação com Maria, mas também sobre a sua missão; como surgiu; quem é o patrono; quais os carismas trabalhados; quais compromissos assumidos; o significado da imagem ou símbolo que possui, entre outras coisas. Cada movimento tinha seu modo próprio, alguns usaram da música, outros com poesia ou oração, alguns com banners, ou simplesmente apenas subiam no palco e davam seu recado verbalmente, o importante é que todos tiveram a chance de mostrar aos presentes o quanto a nossa igreja é rica e missionária.

“Tem muita gente que não conhece o que tem dentro da própria Arquidiocese, um evento desse vem fazer com que nós conhecemos um pouco mais sobre o que cada grupo, movimento e comunidade tem realizado. É um aprendizado muito grande e importante”, disse a dona Maria de Lourdes Feijó, do Apostolado da Oração. “Gostei muito do congresso, acho que esses momentos de comunhão entre os irmãos e as novas comunidades é muito importante para conhecer o carisma do outro e a grandiosidade da Igreja”, destacou Karina Tapajós, da comunidade despertai. Após as apresentações, todos se dirigiram à igreja onde as 16h deu início à celebração presidida por Dom Tadeu, que durante a sua homilia deu ênfase na importância de Maria para nossas vidas e para o surgimento da igreja.

    

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

2 Comentários em "V Congresso de Movimentos Eclesiais reúne representantes de 30 comunidades de vida da Arquidiocese de Manaus"

avatar
Isiane Chaves
Visitante

Muito bom!

Nicácio Trindade
Visitante

Foi um experiência sem igual o que vivemos lá

wpDiscuz