Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

16º edição da Festa de São Francisco reúne cerca de 5 mil pessoas na Fazenda da Esperança

Aproximadamente 5 mil leigos e religiosas, de todos os setores da Arquidiocese de Manaus, participaram na manhã deste domingo (24/9), dos festejos em honra à São Francisco, padroeiro da Fazenda da Esperança que fica localizada na BR-174, km 14,5 – ramal Cláudio Mesquita. A festa é uma tradição que acontece há 16 anos sempre no último domingo do mês de setembro e, esse ano, trouxe como tema “Toda vida tem esperança”. O evento teve entrada franca e começou a partir das 8h30 com muitas atrações, entre elas: apresentações musicais e teatrais, danças, testemunhos, palestras e encerrou com a santa missa presidida Dom Sergio Castriani, Arcebispo Metropolitano de Manaus.

Os festejos em homenagem ao santo padroeiro, envolvem diretamente seus 170 internos (entre homens e mulheres) na organização e nas apresentações culturais, como parte das atividades pela busca da libertação do alcoolismo, depressão e principalmente da dependência química. Vale lembrar que a iniciativa da Fazenda Esperança nasceu na cidade Guaratinguetá, São Paulo, há 28 anos e, atualmente, está presente em mais dez países. Em Manaus, a Fazenda chegou em 2001, por meio da Campanha da Fraternidade (CF), se tornando a primeira da região norte que hoje já possui mais de dez núcleos em outras cidades que, segundo o padre Vinicius Gouveia, coordenador da Fazenda Esperança de Manaus, em breve estará dando início às obras de mais uma unidade da Fazenda, com a participação de voluntários de Manaus, atuando em outro país.

“A partir da nossa, já abriram mais dez Fazendas com pessoas que se recuperaram ou que entraram como voluntários em Manaus e hoje estão espalhados em todos os estados da região norte do Brasil. E também esse ano, no dia 16 de novembro, vamos começar uma experiência muito bonita: a missão em Cabo Verde (África), quando 12 voluntários irão viajar ao continente africano para iniciar as construções da nova unidade na Africa. É emocionante ver que esse sonho que nasceu no coração da igreja, com o tema da CF-2001, ´Vidas sim drogas não’, crescer com o apoio dos bispos e todo o clero local, essa unidade fez com que a vida pudesse acontecer, e esse é o segredo da nossa igreja: caminharmos juntos, unidos com a comunidade e com o apoio dos nossos benfeitores. Hoje ao todo somos 121 unidades, mas formamos uma única família espalhada pelo mundo inteiro”, disse pe. Vinicius.

Pe. Vinícius também ressalta que a rotina na Fazenda começa cedo, cada um sabendo suas reponsabilidades com os trabalhos na produção dos produtos e alimentos que a Fazenda vende para ajudar na manutenção. “Temos cerca de 30 responsáveis que acompanham a Fazenda e cinco famílias que moram conosco, ajudando a criar um clima familiar os internos, voluntários e responsáveis. Na coordenação temos dois padres e um diácono e aqui temos várias casas, cada uma com sua vida própria, que comportam em torno de 15 pessoas, fazendo assim uma pequena cidade onde a lei maior é a lei do amor, isso é o que torna o clima da fazenda ainda mais familiar, fazendo com que a pessoa deixe de pensar só no EU, rompendo com o egoísmo que um dia a droga levou e aos poucos vais nascendo um novo estilo de vida”, comentou pe. Vinicius, que há quatro anos mora na Fazenda Esperança de Manaus, mas que já foi coordenador da Fazenda da Esperança do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul.

Segundo Dom Mario Pasqualotto, presidente da Fazenda da Esperança, além dessa unidade no exterior, muitas outras já estão previstas para serem construídas nos municípios do Amazonas e para isso conta com a colaboração e oração de todos. “Deus está nos abençoando e muitos frutos ainda vem por aí. Contamos com as vossas orações, porque nós temos seis pedidos de Fazendas novas no Brasil e no exterior. Fora Cabo Verde, vamos abrir uma Fazenda em Maués, Coari, Tefé, Santo Antônio de Iça e até na Ilha dos Açores foi mandado um pedido de fazenda. Continuem nos apoiando e rezem por nós para que, se for da vontade de Deus, consigamos cumprir essa missão, pois Fazenda da Esperança é coisa de Deus”, disse o bispo emérito.

Diversão e oração

Dentro da área de 80 hectares, centenas de famílias aproveitaram o espaço para conversar, se reunir e confraternizar sob a sombra de uma árvore, as vezes atando sua rede para descansar, outras vezes estendo a toalha para fazer o famoso “piquenique”. Para quem não trouxe sua “marmita” de casa, a fazenda oferecia muitas barracas com alimentos típicos da região, além do disputado churrasquinho e de lanches rápidos como pastel, cachorro quente, mini pizza, bolos e outros. Para amenizar o calor intenso, a opção era tomar muita água, refrigerante, suco ou se refrescar com picolé e “dindin”. Já para distrair as crianças, foi criado um espaço só para os baixinhos, enquanto os pais faziam suas compras no “mini shopping” improvisado e os mais adolescentes se divertiam com atividades no ginásio esportivo.

Durante todo o dia, houve adoração e louvor na Igreja da Fazenda (que se destaca por sua arquitetura diferenciada e ser toda coberta de palha) onde muitas pessoas passaram ao menos alguns instantes diante do Senhor, para agradecer e também fazer suas preces. Já na quadra coberta foi o local onde aconteceu o evento propriamente dito e todas as atrações se apresentaram para um público participativo que lotou a arquibancada e todas as cadeiras disponíveis na quadra. Por volta as 11h, pe. Charles Cunha, pároco da Área Missionária Sagrada Família do Tarumã e Diretor Superintendente da Rádio Rio Mar (103,5 MHZ), começou sua palestra com foco no tema do evento “Toda vida tem esperança”, onde cantou, orou e falou abertamente ao público com base nas passagens da bíblia e de experiências pessoais, relatando situações que envolveram caso de consumo de drogas entre os membros de sua própria família, fato que gerou uma aproximação ainda maior com os presentes.

“Quem tem esperança não destrói a sua vida e sim luta por ela, mas sabemos que não é fácil e sem Deus tudo fica mais difícil. Mas aqui é o lugar da vida e da esperança. Lembro que a vida do meu irmão foi transformada e há nove anos ele está limpo e livre das drogas, e eu digo as mães, aos pais e aos irmãos que aqui estão: não se deixem levar pelo pessimismo, tenham fé, acredite que toda vida tem esperança para a honra e glória de Deus”, comentou pe. Charles. “Mesmo com a calor intenso, ele soube entreter muito bem e prendeu a atenção do povo numeroso, passando uma mensagem muito profunda sobre a esperança, pois quem tem esperança resolve tudo”, completou Dom Mário, que ao final da formação do pe. Charles, lhe presenteou com 5mil medalhinhas milagrosas vindas diretamente da Itália.

Opinião dos participantes

“É um momento muito importante, principalmente para as pessoas que fazem parte desse trabalho social que ajuda as pessoas que precisam ser recuperadas e, um evento assim, é de grande proporção para que as pessoas tenham a oportunidade de ver que a vida não é só feita de momento de tristeza”, disse Antônio Alves. Para Jennefy Maria, frequentadora da paróquia N. Sra. Consoladora dos Aflitos, o evento foi muito organizado e encantador. “A gente ver o empenho de todas as pessoas, muito educados e atenciosos. Até me emocionei quando presenciei o reencontro de uma criança com seu pai, que acredito ser um dos internos. Amei todas as atrações e no ano que vem pretendo voltar de novo” disse a jovem de 18 anos, natural do município de Eirunepé.

E não foi só o público que se emocionou com todas as atrações do evento, os voluntários também reconhecem a importância que a Fazenda da Esperança tem para seus familiares e/ou amigos, esse é o combustível que faz com que trabalhem cada vez com mais amor. “Aqui não é só um local de recuperação de dependentes químicos, é uma local de recuperação da família. A gente aprende muito e a Fazenda é como se fosse um pedaço do céu, embasada no tripé: oração, trabalho e espiritualidade”, disse a dona Marivan Guimarães, voluntária da Fazenda há 10 anos.

.  



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz