Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

G1 Amazonas – Abaixo-assinado com quase 11 mil assinaturas cobra fim de obras da Praça da Matriz

A Catedral Metropolitana de Manaus organizou um abaixo-assinado após a demora na entrega das obras realizadas na Praça da Matriz, no Centro de Manaus. A revitalização iniciou em 2015 e ainda não foi finalizada. O documento teve mais de 10 mil assinaturas e foi entregue à Prefeitura da capital.

Há poucos meses de vencer o último prazo para a entrega das obras, o pároco da catedral, fiéis e populares se reuniram para protocolar um documento que pede celeridade no processo de revitalização da praça.

A falta de segurança e dificuldade no acesso à igreja preocupa quem frequenta o local. Segundo o pároco Hudson Ribeiro, a prefeitura afirmou que o prazo final para a entrega das obras é o dia 15 de novembro deste ano.

“Nós gostaríamos exatamente que o prefeito pudesse cumprir com a sua palavra. A gente agradece porque de fato nós verificamos que as obras foram retomadas, e em outros momentos também a praça foi retomada e depois parava e as obras não eram entregues. Nós iremos entregar ao Ministério Público Federal para que ele possa também acompanhar, tendo em vista também que parte desses recursos provem do fundo do PAC Cidades Históricas”, afirmou.

Ao todo, 10,9 mil pessoas assinaram o documento. A revitalização da praça faz parte da recuperação do traçado arquitetônico da capital.

Sobre a obra de requalificação da Praça XV de Novembro (Praça da Matriz), a Coordenação Geral do PAC Cidades Históricas reafirma que a previsão de entrega está mantida para o dia 15 de novembro de 2017, conforme acordo feito pelo próprio Arcebispo Metropolitano de Manaus, dom Sergio Castriani, e o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Originalmente, segundo a nota, o aviaquário fazia parte do escopo da obra, mas, em função de achados arqueológicos valiosos – do ponto de vista histórico e material – tanto no paredão, quanto no piso do espaço, está em fase de desenvolvimento um novo projeto de restauro somente para essa área, para posterior aprovação do Iphan. Concluída essa etapa, será enviado para licitação e futura contratação da empresa que vai realizar a obra.

“Ressaltamos, ainda, que a Prefeitura de Manaus não tem medido esforços para que as obras que estão sendo realizadas no Centro de Manaus, através do PAC Cidades Históricas, sejam concluídas nos prazos estabelecidos, obedecendo aos trâmites legais e com os cuidados arqueológicos necessários para preservar o patrimônio histórico”, diz o comunicado.

A Prefeitura informou, ainda, que o Chafariz não fez parte do escopo dessa obra, porque na época da aprovação do projeto para a Matriz o mesmo estava inserido em outra proposta pelo projeto “Monumenta”, do Governo Federal. Com o atraso na liberação dos recursos, houve distrato com a empresa vencedora da licitação e a prefeitura aguarda novas possibilidades de financiamento para executar a obra de restauro do Chafariz.

Matéria publicada no dia 22/08/2017, confira no link: http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/abaixo-assinado-com-quase-11-mil-assinaturas-cobra-fim-de-obras-da-praca-da-matriz.ghtml 



Por: Arthur Amorim

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz