Arquidiocese de Manaus
Arquidiocese de Manaus

Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe celebra o envio de seus novos Ministros da Palavra e Eucaristia

Na manha deste domingo, (23/07), a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, localizada na Av. Prof. Nilton Lins, nº 510 – Flores, Setor Parque Dez, celebrou a Santa Missa de envio de seus novos Ministros. A celebração foi presidida por Dom José Albuquerque, bispo auxiliar de Manaus e concelebrada pelo pároco, Pe. Antônio Carlos. Ao todo foram 24 Ministros Extraordinários da Eucaristia e nove Ministros da Palavra e do Culto que não escondiam a emoção com a felicidade estampada no rosto em poder servir a Deus e ao seu povo, sobretudo os doentes e mais idosos.

“Eu louvo a Deus pelo sim que vocês deram, a palavra ministro teologicamente falando, significa servidor, é aquele que na igreja se coloca à serviço do próximo e a comunidade. Vocês hoje serão revestidos com as suas vestes que não quer dizer que somos melhores ou mais importantes que ninguém, muito pelo contrário, a veste é sinal de humildade, de responsabilidade e de que sozinho somos incapazes de poder exercer qualquer serviço na igreja, além disso nos lembra o avental que Jesus usou na ultima ceia, no momento do lava-pés”, disse Dom José durante a sua homilia.

Ao terminar a homilia, Dom José solicitou ao padre Antônio que lesse as atribuições do Ministro da Palavra e do Culto que são: incentivar a comunidade à leitura, escuta e reflexão da Palavra de Deus; presidir as celebrações do culto dominical e outras celebrações da Palavra; explicar a Palavra de Deus nos cultos e celebrações comunitárias; organizar os atos litúrgicos e celebrativos da comunidade; orientar e formar a equipe de celebrações; na ausência de ministros da eucaristia, distribuir a comunhão eucarística; animar os círculos bíblicos, repassando-lhes o material necessário.

O Ministério da Comunhão Eucarística, assim como o da Palavra, tem duração de dois anos, caso não seja mandado o contrário por documentos escritos do arcebispo, terminado o biênio, pode ser reconfirmado se o mesmo julgar oportuno. Suas atribuições são: distribuir a sagrada comunhão nas celebrações que preside; ajudar na distribuição da comunhão durante as missas e outros atos litúrgicos; encarregar-se do cuidado com o sacrário, das alfaias, e outros objetos do altar; usar o símbolo religioso nas celebrações que preside; visitar os doentes nos hospitais e residências.

Após a leitura das atribuições, deu-se enfim inicio ao grande momento da investidura dos novos ministros realizada pelos familiares e/ou amigos. “A partir do momento da investidura, vocês são as mãos de Deus, para abraçar e ajudar as pessoas, os doentes e idosos. Serão a voz de Deus, para presidir a celebração, proclamar a Palavra e cantar os Salmos. Serão os olhos misericordiosos de Deus, para nunca julgar, nunca condenar, sempre acolher. Nós, ministros da igreja ordenados e vocês ministros leigos, somos chamados a viver nessa lógica, do serviço, da dedicação e fazer o melhor possível para agradar a Deus acima de tudo”, comentou Dom José, ao finalizar o rito.

Emoção e discurso dos enviados

Ao final da celebração, o neo-ministro Roberto Tavares, fez um breve discurso em nome de todos enviados, agradecendo o envio à nossa missão. “Fomos chamados para participar do crescimento das ações evangelizadoras da nossa comunidade conforme a necessidade da nossa paróquia. O ministério que recebemos hoje é um serviço de grande responsabidade, que exige preparação continua e um crescimento diário de vida interior, mas também é uma honra para nós poder celebrar a Palavra do Senhor e poder distribuir a sua ação de graças contida na Eucaristia”, disse o novo ministro.

Após a santa missa, ocorreu a tradicional confraternização, com direito a fotos, abraços e comes e bebes. Entre os mais emocionados estava o senhor José Amaral, que há 10 meses estava recebendo o sacramento da Crisma e, com o envio de Ministro da Eucaristia, da mais um passo na sua caminhada de fé dentro da igreja. “Após receber os dons do Espirito Santo, nós continuamos na caminhada com muita alegria e fé, agora estamos renovando com muita humildade assumindo esse ministério com muita responsabilidade e amor, esse é o segredo e o pilar do nosso ministério”, comentou com lágrimas nos olhos.

 

 



Por: Érico Pena

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Manaus



Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz